Em jogo de altos e baixos, Basilashvili supera Jarry e alcança final em Hamburgo
Foto: Divulgação/ATP/German Open Tennis Championship

Depois de 41 torneios, Nikoloz Basilashvili finalmente volta a uma final de nível ATP. Neste sábado (28), o georgiano eliminou o jovem Nicolás Jarry, do Chile, em três sets, com parciais de 7/5, 0/6 e 6/1 em 2h09 de partida, pelas semifinais do ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha.

O triunfo marca a terceira final na carreira de Basilashvili e a chance de conquistar seu primeiro título, uma vez que perdeu suas duas finais por dois sets a zero. Em nível 500 (ou acima), é a primeira vez que ele chega à final, já que, em toda a carreira, jamais havia ultrapassado as oitavas de final.

Após vencer um dramático primeiro set tendo de salvar cinco break points, Basilashvili permitiu que seu adversário entrasse na partida, o que gerou um atípico placar de 6/0. Apesar disso, não foi a primeira vez que o georgiano venceu um jogo depois de levar um pneu: em 2017, contra Klizan, fez o mesmo.

O terceiro e último set foi o total oposto do anterior: Basilashvili melhorou consideravelmente o seu serviço, chegando a 76% de primeiro saque, número extremamente alto para o seu usual. Consequentemente, Jarry não teve chances: não teve uma oportunidade de quebra sequer, vencendo apenas cinco pontos nos quatro games de serviço do georgiano.

Com o placar, o chileno abandona o torneio de cabeça erguida, pois terá, na semana seguinte, o melhor posto de sua carreira: subirá à #53 na ATP. Basilashvili vai à final também já alcançando seu melhor ranking, #45, e com a oportunidade de ir à #35 caso conquiste o título.

Na final, o georgiano enfrentará o atual campeão do German Open Tennis Championship, Leonardo Mayer, que venceu o eslovaco Jozef Kovalik em três sets num jogo extremamente tenso. Será o primeiro encontro dos dois em nível profissional.

VAVEL Logo