Murray vira contra McDonald em partida dura e avança em Washington
Foto: Divulgação / Citi Open

Murray vira contra McDonald em partida dura e avança em Washington

Voltando aos poucos após lesão, britânico lutou muito para conseguir superar o jovem norte-americano

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

A estréia do britânico #832 Andy Murray no ATP 500 de Washington foi uma verdadeira batalha. O ex-número um do mundo bateu o norte-americano #80 Mackenzie McDonald por 2 sets a 1, de virada, parciais de 3/6, 6/4 e 7/5, em 2h37 de confronto. Esse é apenas o quarto jogo de Murray desde sua volta ao circuito e o primeiro em quadras duras desde março de 2017. 

Ainda longe de seu nível ideal, o britânico alternou bons e maus momentos durante a partida, lutando e se doando a cada ponto. Murray chegou a quebrar o saque de McDonald no primeiro game do jogo, mas viu o adversário demonstrar um tênis agressivo e se impor, quebrando seu serviço em três oportunidades e levando a primeira parcial por 6/3. 

O duelo apresentava longas trocas de bola, com o jovem norte-americano distribuindo winners do fundo da quadra. Os tenistas conseguiram uma quebra cada um no início do segundo set, mas o britânico conseguiu a crucial no nono game. Sacando para empatar a partida, Murray encaixou um ótimo saque e fechou em 6/4. 

O terceiro e decisivo set foi de extrema raça. Motivado e determinado a vencer, Murray entrou de vez no jogo, enquanto McDonald não desanimou e manteve a ótima performance das parciais anteriores. O ex-número um do mundo conseguiu quebrar o serviço do norte-americano e chegou a sacar para vencer. Após o game se alternar em match points e break points, McDonald prevaleceu e devolveu a quebra. Entretanto, no game seguinte, o jovem tenista perdeu um ponto praticamente ganho ao encostar na rede. Com isso, deu a Murray um novo break point, e o dono de três títulos de Grand Slam aproveitou. McDonald salvou mais um match point, mas, com um erro não-forçado, perdeu a partida. Murray fechou em 7/5 e selou a vitória. 

Visando ir longe no torneio e somar o maior número de pontos possíveis no ranking, o britânico terá mais um árduo desafio pela frente. Na próxima rodada do Citi Open, Murray enfrentará seu compatriota #18 Kyle Edmund, cabeça de chave número quatro e seu algoz no ATP 250 de Eastbourne desse ano. 

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há um dia
há um dia
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias