Murray confirma desistência de Washington horas antes de partida contra De Minaur
Foto: Divulgação/ATP

Murray confirma desistência de Washington horas antes de partida contra De Minaur

Britânico também anunciou desistência do torneio seguinte, o Masters 1000 do Canadá

Henrique
Gabriel Matos

Após nove sets jogados em quatro dias, Andy Murray sentiu o desgaste físico e preferiu se retirar do ATP 500 de Washington, nos Estados Unidos, na fase das quartas de final. Assim, o australiano Alex de Minaur garantiu vaga às semis sem entrar em quadra.

O britânico, além de ter desistido de Washington, também deu W.O. no Masters 1000 de Toronto, que havia dado-lhe convite à chave principal. Com a desistência, Stan Wawrinka, que havia recebido WC ao qualifying, avança à chave principal como convidado.

Em declaração, Murray culpou o horário de término da partida como principal fator de sua decisão, afirmando que não era bom para ninguém que um encontro acabasse às 3h. Ele também disse que precisava escutar mais o próprio corpo, uma vez que se sentia exausto por jogar tanto tempo depois de ficar parado por mais de uma temporada.

A diretora do Citi Open também deu entrevista relacionada ao caso do britânico, comentando que sentia-se chateada com a situação, mas que o compreendia. Ela rebateu as críticas do ex-número 1, afirmando que, além dos jogadores, havia os juízes, os gandulas, e dezenas de pessoas no estádio. Por fim, ela falou que uma possibilidade de interromper a partida era inviável, dado o problema do clima instável em Washington.

Com a desistência, Alex de Miñaur permanece invicto em quartas-de-final de ATPs (duas vitórias em dois jogos) e avança às semis de um ATP 500 pela primeira vez, tendo semis também em Sydney (250) e Brisbane (250), todas em 2018. Ele enfrentará o americano Denis Kudla ou o russo Andrey Rublev. O australiano jamais enfrentou nenhum dos dois no circuito profissional.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há uma hora
há 2 horas
há 2 horas
há 5 horas
há 6 horas
há 6 horas
há 7 horas
há 8 horas
há um dia
há um dia
há um dia