Muguruza desiste em Montreal e aumenta dúvidas sobre participação no US Open

Ex-número um do mundo estava de bye na primeira ronda da Rogers Cup e, antes de partida contra Sevastova, anunciou desistência; espanhola também tinha dado WO em San José

Muguruza desiste em Montreal e aumenta dúvidas sobre participação no US Open
Foto: Divulgação/WTA

A vida da número sete do mundo anda complicada. Depois de cair na segunda ronda em Wimbledon, Garbiñe Muguruza não participou de nenhum outro torneio. A espanhola desistiu de San José momentos antes da sua partida contra a bielorrussa Victoria Azarenka e voltou a desistir, dessa vez da Coupe Rogers, em Montreal, onde enfrentaria a letã Anastasija Sevastova.

Muguruza, que já levantava suspeitas sobre sua participação no torneio canadense, pois não havia saído para treinar uma única vez, anunciou sua desistência nesta terça feira (7), dando como justificativa uma lesão no braço. 

"Infelizmente, ainda estou me recuperando da lesão no braço", disse a espanhola. "Eu fiz o que podia, mas preciso de mais tempo [para a recuperação]. Sinto falta de jogar e espero voltar aqui em breve", finalizou.

Muguruza tem previsto em seu calendário mais um torneio antes do Us Open, sendo ele o Western & Southern Open, WTA Premier 5 de Cincinnati, onde defende o título. 

Muguruza, sempre demonstrou interesse no WTA Finals, mas dessa vez pode ficar de fora devido ao baixo número de pontos adquiridos na temporada. E, com as desistências, a maior pergunta é: conseguirá a espanhola se recuperar a tempo de jogar no Us Open, último Slam do ano? 

Com a desistência da espanhola, a medalhista olímpica de ouro em 2016, Monica Puig ganha lugar no WTA de Montreal, enfrentando no R2 a letã #19 Anastasija Sevastova.