No primeiro jogo após título em Wimbledon, Kerber cai para Cornet em Montreal
Foto: Divulgação/WTA

No primeiro jogo após título em Wimbledon, Kerber cai para Cornet em Montreal

Atual campeã do Aberto da Inglaterra não conseguiu boa partida, caindo na estreia do Premier 5 do Canadá

Henrique
Gabriel Matos

Pela primeira vez desde maio, Angelique Kerber perde uma partida em sets diretos. Nesta quarta-feira (8), a alemã caiu para a #34 Alizé Cornet, da França, em 1h25 de partida por 6/4 e 6/1 na segunda rodada do WTA Premier de Montreal, no Canadá.

Em 64 partidas, é a 17ª vitória de Cornet contra uma top 10, sendo a terceira vitória dela em seis partidas nesta temporada, a segunda na quadra rápida. Contra Kerber, ela conseguiu sua segunda vitória em cinco confrontos, vencendo também a penúltima partida entre elas: Pequim, 2017.

Na tarde desta quarta-feira (8), a superioridade da francesa foi incontestável: em 95 minutos de partida, ela marcou 20 winners e apenas 15 erros não-forçados, enquanto a alemã cometeu 32 erros, sendo suficientes para fornecer 14 break points à Cornet, que aproveitou cinco. Kerber perdeu a maioria dos pontos jogados em seu serviço, 53%, conseguindo apenas cinco oportunidades de quebra em oito games jogados.

Em entrevista, Kerber culpou a transição de superfície - da grama para a quadra dura - e a falta de ritmo pela derrota. "Foi minha primeira partida em três semanas, e nunca é fácil mudar de superfície. Vou ter de me adaptar melhor à quadra rápida e precisarei de tempo pra isso", disse.

Cornet, por outro lado, se mostrou satisfeita com a sua partida e com a sua evolução tática desde o último encontro das duas, em Pequim. "Não usei a mesma tática de quando jogamos pela última vez. Lá, eu busquei muito jogar no forehand dela e mexê-la na quadra. Hoje, tentei jogar mais no backhand e ainda assim conseguir ser agressiva. Fico feliz que tenha dado certo durante toda a partida", contou.

Quanto a adversária da próxima partida, #16 Ashleigh Barty, a francesa não poupou elogios "Amo a forma como ela joga. É tão bonito vê-la jogar! Ela joga um pouco como os homens, bom forehand, bom saque. Ela não é tão alta, mas tem um ótimo saque. Não sei como faz isso", brincou Cornet. "Ela é definitivamente a favorita para amanhã e muita coisa mudou desde que nos encontramos pela última vez".

Elas se enfrentaram unicamente em Roland Garros, em 2014, na primeira rodada, quando Barty ainda era #172 da WTA. Na ocasião, Cornet perdeu apenas três games na partida. Hoje, a australiana está 18 posições a frente da francesa no ranking.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 19 dias
há 20 dias
há 20 dias
há 25 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês