Em final emocionante, Halep supera Stephens e conquista segundo título em Montreal
Foto: Pascal Ratthe/Tennis Canada/Coupe Rogers

Em final emocionante, Halep supera Stephens e conquista segundo título em Montreal

Após derrota da estadunidense na final de Roland Garros há dois meses, romena prevaleceu novamente e garantiu título da Coupe Rogers

mateus-dos-anjos
Mateus Dos Anjos

Luta, suor, garra, superação. São algumas das definições que podem ser dadas à batalha protagonizada por #1 Simona Halep e #3 Sloane Stephens na final da Coupe Rogers, neste domingo (12). A partida decisiva do WTA Premier 5 de Montreal, que durou 2h41, foi vencida pela número 1 do mundo, com parciais de 7/6(6), 3/6 e 6/4.

Com as duas jogadoras sacando muito bem, mantendo uma média superior a 70% em seus primeiros serviços, o jogo começou com Halep dominando as ações. Incisiva nas devoluções, a romena abriu larga vantagem, em 4/1, após quebrar duas vezes o serviço de Stephens, que parecia sem forças de reagir. Entretanto, usando seu grande trunfo, que são as bolas rápidas no fundo de quadra, a americana conseguiu reverter a vantagem e empatou o jogo em 4/4.

Halep, logo após, quebrou mais uma vez o serviço de Stephens e sacou para o set, perdendo também, fazendo do primeiro set um festival de quebras, característica do circuito WTA. Com 5/5, as duas jogadoras confirmaram seus serviços seguintes e a definição foi para o tie break.

Parecendo que definitivamente ia vencer o set, Stephens abriu 5-1 no tie break, mas Halep mostrou que ali estava a atual líder do ranking e demonstrou porque deu uma reviravolta na carreira, usando todo o seu aparato mental e fechou em 8-6, vencendo o set, que teve 1h12 de duração.

O segundo set foi todo de Stephens, principalmente aproveitando os vários erros da adversária. Halep possibilitou que a americana vencesse 79% dos pontos quando estava em seu primeiro serviço. Combalida no set, a romena não conseguiu impedir o ímpeto da estadunidense e foi quebrada por três vezes. Sloane fechou o set em 6/3 e empatou o jogo.

No set decisivo, muito equilíbrio. Pura demonstração de um jogo entre duas top 5, que encantou a todos que estavam assistindo. Quebrando o serviço da oponente logo de cara, Halep saiu em vantagem e abriu 2/0, mas não demorou muito, visto que Stephens devolveu a quebra, no quarto game.

Halep, demonstrando muita força mental, quebrou por duas vezes consecutivas o serviço de Stephens, abriu 5/2 e pôs a mão na vitória. Não fosse vários erros novamente, o set teria sido fechado de maneira menos complicada, já que a estadunidense lutou para diminuir a desvantagem para 4/5. Mesmo assim, Halep conseguiu confirmar seu saque e o set acabou mesmo sendo definido em 6/4. 

Essa foi a segunda final entre as duas no ano, reeditando a final de Roland Garros, também com vitória de Simona Halep. Mais líder do ranking do que nunca, a romena, de 26 anos, conquistou seu segundo título da Roger Cup, repetindo 2016, seu 18º título de WTA na carreira e o terceiro do ano, após ter vencido Shenzen, na China, e Roland Garros.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 7 horas
há 18 horas
há 19 horas
há 21 horas
há 21 horas
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias