Após título em Montreal, Halep não poupa elogios à Stephens: "É uma tenista completa"
Foto: Divulgação / Coupe Rogers

Após título em Montreal, Halep não poupa elogios à Stephens: "É uma tenista completa"

Neste domingo (12), tenistas reeditaram final de Roland Garros, onde a romena mais uma vez sagrou-se campeã em jogo duríssimo

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Em mais uma grande batalha, a romena #1 Simona Halep bateu a norte-americana #3 Sloane Stephens e conquistou o título da Coupe Rogers, seu terceiro na temporada. Neste domingo, elas reeditaram a decisão de Roland Garros, também vencida pela romena há dois meses atrás. 

Em final emocionante, Halep supera Stephens e conquista segundo título em Montreal

Após a final, a tenista número um do mundo não poupou elogios a sua adversária. Halep fez questão de enaltecer o tênis jogado pela norte-americana e relembrou o duelo no Grand Slam francês. 

"Ambas a partidas foram muito boas. Ela me faz jogar cada vez melhor toda vez que nos enfrentamos. Isso é muito bom para mimAcho que ela melhorou a mentalidade (em relação a última partida em Paris). Ela é uma jogadora muito forte. Ela é uma tenista completa. Tem tudo que é necessário", elogiou Halep.

Durante o confronto, Halep sofreu com uma bolha no pé e dores que geravam incômodos durante seus saques. A romena comentou sobre o último game e se isso a atrapalhou na hora de servir para o jogo. 

"Durante a partida era um pouco mais tranquilo. Eu tive um pouco de dor, e foi difícil me manter consistente. No game final eu só queria terminar logo, então tive muita sorte de conseguir um ace no match point", contou.

Apesar de frustração pelo vice em Montreal, Stephens exalta Halep: "Me faz uma jogadora melhor"

A número um do mundo falou sobre seu primeiro título após a conquista em Roland Garros. Além disso, afirmou que sua postura dentro de quadra fez a diferença para que ela alcançasse um grande resultado em Montreal. 

"Eu realmente comecei a aproveitar mais o tempo em quadra. Estou mais relaxada. Não fico mais pensando só no resultado. Talvez seja por isso que estou ganhando mais partidasTive uma longa pausa depois do Aberto da França. Em Wimbledon eu estava um pouco desanimada, não queria estar em quadra depois desse grande sucesso. Foi bem difícil depois daquele torneioEntão eu esqueci tudo. Não toquei na raquete por praticamente três semanas. Vim para cá renovada e desejando jogar partida oficiais novamente, o que é muito bom", disse, honesta.

Apesar dos três troféus conquistados no ano, um deles em um Grand Slam, Halep ressaltou que não perdeu sua motivação e sede por mais títulos. A tenista da Romênia chegará como uma das favoritas para o US Open

"Eu não ganhei 20 Grand Slams para perder a motivação. Só ganhei um. Ainda tenho motivação para ser melhor e ganhar mais, se isso for possível. Em Wimbledon, não foi um problema de motivação, apenas não estava muito feliz. Eu estava esperando por esse momento por tantos anos. Eu tive tantas chances, três finais antes. Eu realmente queria isso", afirmou.

VAVEL Logo