Bertens vira jogo histórico contra Halep e conquista maior título da carreira em Cincinnati
Foto: Divulgação/WTA

Bertens vira jogo histórico contra Halep e conquista maior título da carreira em Cincinnati

Holandesa ganhou seu primeiro título de Premier 5 na história, salvando match point e derrotando a número um do mundo na final

Henrique
Gabriel Matos

Kiki Bertens é a mais nova campeã de um Premier 5 na WTA. Neste domingo (19), a holandesa venceu Simona Halep, líder do ranking mundial, por dois sets a um, com parciais de 2/7, 7/6(6) e 6/2, em 2h05 de partida válida pela final do Wester & Southern Open, em Cincinnati, nos Estados Unidos.

É o segundo título de Bertens na temporada, ambos sendo um Premier: além de Cincinnati, que vale 970 pontos, ela venceu Charleston, conquistando 470 pontos no ranking mundial. É a primeira conquista da holandesa na quadra dura, vindo justamente em sua primeira final.

Bertens, ainda, fez uma das melhores campanhas de uma campeã na história: em seis partidas, foram quatro top 10 (Wozniacki, Svitolina, Kvitova e Halep), e duas top 30 (Vandeweghe e Kontaveit). A holandesa já soma uma sequência de dez vitórias consecutivas contra top 10, tendo sua última derrota na final do Premier Mandatory de Madrid, contra Kvitova.

A partida foi muito longa, dadas as condições de táticas das jogadoras. Apesar de buscarem agressividade, houve muitos rallies, e ambas estavam rápidas, o que esticava ainda mais a duração dos pontos. Ao fim da partida, as estatísticas estavam bem próximas, reflexo do equilíbrio da partida: Bertens conseguiu 34 winners em meio a 41 erros não-forçados, ao passo que Halep fez apenas 24 erros não-forçados, mas 23 bolas vencedoras.

Em entrevista logo após a partida, a campeã do torneio destacou o cansaço que sentiu durante o final do segundo set e no terceiro. "Eu já havia sentido isso durante os treinos, então já tinha uma noção do que eu poderia fazer. Além disso, era uma final, e nós sempre podemos tentar um pouco mais. [...] Chamei meu treinador no terceiro game do terceiro set e eu disse para ele que estava morta, mas eu disse para mim mesma que poderia vencer", admitiu Bertens.

Com o resultado, Bertens melhora ainda mais o seu ranking, pulando para #13 na WTA, sua melhor marca em toda a carreira. Halep mantém a sua distância larga sobre Wozniacki, e ainda terá a vantagem de não defender pontos no US Open. A vantagem da romena já passa dos 1900 pontos.

Apesar de duas longas semanas para ambas as tenistas, elas estão registradas no WTA de New Haven, em Connecticut. Halep recebeu um bye e só entrará em quadra nas oitavas, enquanto Bertens terá Anett Kontaveit na sua primeira rodada.

VAVEL Logo