Em partida dramática, Siniakova sobrevive contra Tomljanovic e avança em Nova Iorque
Foto: Divulgação

Em partida dramática, Siniakova sobrevive contra Tomljanovic e avança em Nova Iorque

Tenista tcheca precisou salvar match point para avançar pela primeira vez à terceira rodada do US Open

anaracheel
Ana Carneiro

Falar que a partida de segunda ronda entre a #54 Katerina Sinikova e a #58 Ajla Tomljanovic foi dramática é o mínimo. A quadra 10 do US Open presenciou momentos que foram de extrema angústia por parte de ambas as jogadoras que, de alguma forma, conseguiram focar em seus respectivos jogos para fazerem excelente ralis e pontos surrealmente lindos. Siniakova foi quem levou a melhor e, depois de 2h34, conquistou seu lugar na terceira ronda do major.

A tcheca venceu pelas parciais de 6/3, 6(3)/7 e 7/6(4) e colocou mais uma tenista do país no terceiro round do torneio - além de Siniakova, outras cinco 'ovas avançam no torneio: Kvitova, Pliskova, Strycova, Vondrousova e Muchova.

 + Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

A partida não começou muito bem para Siniakova, que até então possuía um pequeno favoritismo. Foi quebrada por Tomljanovic no game inicial e buscou logo a quebra, normalizando de imediato o placar. Em apenas dois games, a arbitragem cometeu erros preocupantes, que não passaram batidos pela tcheca.

Siniakova quebrou novamente no quarto game da partida e precisou salvar break point no game seguinte para não perder a vantagem: 4/1. A partida seguiu seu rumo e, apesar dos vários erros contabilizados pela arbitragem, as tenistas foram capaz de jogar em bom nível, entretendo os telespectadores. A tcheca fechou a parcial em 32 minutos. 

O que mais assusta é o número de desafios acertados por ambas as jogadoras- o que mostra um pouco o tamanho dos erros da arbitragem - , e foram ao menos quatro acertos e outras poucas bolas não desafiadas que foram evidentemente fora. Siniakova reclamou depois de ver o tamanho do erro cometido pela juiz de linha: "Sério? A bola foi no meio da quadra e chamaram fora, como?", reclamou. Apesar da irritação com a arbitragem, a partida seguiu e o drama no placar começou. 

Siniakova foi a primeira a quebrar na segunda parcial. Ficou na frente até o sexto game, quando Tomljanovic quebrou de volta. Apesar disso, a tcheca logo quebrou novamente e, dessa vez logo em seguida sofreu a quebra de volta. Depois da montanha russa de quebras, ambas confirmaram seus serviços e o tie break teve início. 

Siniakova cometeu erro atrás de erro e praticamente entregou o tie break nas mãos de Tomljanovic, que aceitou o presente de ótimo grado: 6-3 no game de desempate, 7/6(3) no set, 1h03.

Os erros da arbitragem continuaram, mas em menor número - e constantemente corrigidos pela árbitra de cadeira. As estatísticas do set mostram o equilíbrio entre as jogadoras: no serviço ambas fizeram um ace e cometeram três dupla faltas; no quesito pontos, ambas fizeram 10 winners e Tomljanovic cometeu três erros a mais que SIniakova, contabilizando 24.

No terceiro e último set, mais drama. Siniakova sofreu uma quebra logo no primeiro game, que foi devolvida logo em seguida. A parcial seguiu no curso natural até o décimo primeiro game, onde a tcheca mandou três bolas seguidas para muito longe, dando a quebra nas mãos de Tomljanovic.

No game seguinte, um resumo de toda a partida: três break points perdidos de Siniakova, um match point salvo pela tcheca e, finalmente, o break point que levou a parcial para o tie break.

A tcheca logo abriu vantagem de 4-0 e, depois de sete pontos, finalmente fechou o set - e a partida - por 7/6(4), em sufocantes 61 minutos. 

Tomljanovic fez uma excelente partida e despede-se do último major do ano com a cabeça erguida. 

Siniakova segue no torneio tanto no singular como em dupla, com a fiel parceira Barbora Krejcikova. Ambas são cabeça de chave um e no segundo round enfrentam a dupla querida por todos e ex número 1, o grandioso #TeamBucie, formado por Bethanie Mattek-Sands e Lucie Safarova. Partida ocorre na próxima sexta-feira (31) e tem início previsto para às 15h (horário de Brasília).

Na chave de, Siniakova segue para a terceira rodada pelo terceiro major seguido, onde enfrentará a ucraniana #36 Lesia Tsurenko, que passou de forma surpreendentemente fácil pela #2 Caroline Wozniacki, parciais de 6/4 e 6/2.

VAVEL Logo

    Tênis Notícias

    há uma hora
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 3 dias