Nadal perde set, mas prevalece nos momentos decisivos e bate Basilashvili no US Open

Com a vitória, espanhol número um do mundo garantiu vaga na quartas de final do último Grand Slam do ano, onde enfrentará o austríaco Dominic Thiem

Nadal perde set, mas prevalece nos momentos decisivos e bate Basilashvili no US Open
Foto: Divulgação / US Open
#1 Rafael Nadal
3 1
#37 Nikoloz Basilashvili

Líder do ranking mundial, Rafael Nadal não vem tendo vida fácil no US Open. Neste domingo (2), o espanhol teve que suar a camisa mais uma vez para avançar de fase no Grand Slam norte-americano. O atual campeão do torneio se complicou, mas venceu o georgiano #37 Nikoloz Basilashvili por 3 sets a 1, parciais de 6/3, 6/3, 6/7 (6) e 6/4, em 3h19 de partida. 

O primeiro set foi disputado e acabou sendo decidido no detalhe. Mesmo estando sólido e se defendendo muito bem, Nadal tinha pela frente um Basilashvili jogando solto e batendo forte na bolinha. Porém, o espanhol foi preciso e aproveitou a chance de quebra no oitavo game. Sacando para a parcial, fechou em 6/3 sem sustos. 

O georgiano jogava no limite a todo momento e, apesar de estar fazendo frente ao número um do mundo, acabou pagando o preço. Nadal conseguiu outra quebra de saque logo no game inaugural do segundo set, e a partir daí apenas administrou a vantagem no placar. Salvando três break points no quarto game, o 'Toro Miúra' seguiu na liderança da parcial e, ao voltar a quebrar o serviço do tenista da Geórgia no nono game, fechou novamente em 6/3. 

+Confira as ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Basilashvili não se deu por vencido e veio com tudo pro terceiro set. No terceiro game, conseguiu sua primeira quebra do jogo com uma linda devolução. Porém, viu o 'Toro Miúra' responder logo no game seguinte e igualar o marcador. O equilíbrio seguiu e a parcial foi decidida no tie break. Apesar de evidenciar um cansaço físico extremo, o georgiano reverteu duas mini quebras para manter-se vivo. Com um erro de forehand de Nadal, chegou ao set point e, firme no voleio, fechou em 7/6(6). 

Apesar do susto, o espanhol quebrou o serviço de Basilashvili no primeiro game e começou de maneira convincente a quarta parcial. Entretanto, o adversário não desistiu e devolveu a quebra, empatando em 3/3. Foi então que o tricampeão do US Open elevou o nível e prevaleceu. Obtendo mais uma quebra e confirmando seu saque, decretou a vitória por 6/4. 

Nas quartas de final do último Grand Slam do ano, Nadal enfrentará #9 Dominic Thiem, figura conhecida pelo número um do mundo, que bateu o vice-campeão da edição passada, o sul-africano #5 Kevin Anderson em sets diretos, parciais de 7/5, 6/2 e 7/6(2).

Em 2018, os tenistas já se enfrentaram três vezes, com dois triunfos do espanhol (Monte Carlo e na final em Roland Garros) e um do austríaco (Madrid). Vale ressaltar que todas as partidas entre dois até agora foram no saibro.