Na reedição da final de 2014, Nishikori se vinga de Cilic e avança às semifinais do US Open
Foto: Divulgação / US Open

Na reedição da final de 2014, Nishikori se vinga de Cilic e avança às semifinais do US Open

Japonês superou o croata top 10 do mundo em um duelo disputadíssimo e, junto de sua compatriota Naomi Osaka, garantiu um feito histórico para o tênis de seu país

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Nesta quarta-feira (5), a sessão diurna do US Open foi dominada pelos japoneses. Se no primeiro jogo do dia, Naomi Osaka garantiu sua vaga nas semifinais, coube a #19 Kei Nishikori fechar com chave de ouro o dia 100% nipônico. Em um duelo equilibradíssimo e decidido nos detalhes, o ex-top 4 do mundo conseguiu a revanche diante do croata #7 Marin Cilic, que o havia derrotado na final em Nova Iorque há quatro anos atrás, por 3 sets a 2, parciais de 2/6, 6/4, 7/6 (5), 4/6 e 6/4, em 4h08 de partida. 

Com o resultado de ambos os japoneses, é a primeira vez que o país asiático tem dois representantes nas semifinais do mesmo Grand Slam na Era Aberta. 

+ Confira as ofertas de nosso parceiro Futfanatics 

O primeiro set foi amplamente dominado por Cilic. Perdendo apenas três pontos em seus games de saque, aplicando 13 winners contra apenas quatro do adversário e obtendo duas quebras ao longo da parcial, o croata venceu por 6/3 com tranquilidade. 

A soberania do campeão em 2014 se manteve no início do segundo set. Cilic voltou a quebrar o japonês e abriu 4/2. Porém, a partir daí, Nishikori reagiu. Jogando um tênis sólido e consistente, conseguiu dois breaks e venceu quatro games em sequência, virando a parcial e fechando em 6/4. 

O terceiro set evidenciou os estilos totalmente diferentes dos jogadores. Enquanto Cilic era agressivo e buscava o winner a todo momento, Nishikori trocava bolas do fundo da quadra e não dava um ponto de graça para o oponente. Depois de uma quebra para cada lado, a decisão foi para o tie break. Foi então que o croata pagou pelos inúmeros erros. Com duas duplas faltas cometidas, viu o japonês chegar ao set point e, com uma bola vencedora de devolução, fechar em 7/6 (7-5). 

Cilic não se deu por vencido e veio com tudo para o quarto set. O tenista da Croácia conquistou uma quebra de serviço e, em uma parcial equilibradíssima, fez valer seu poderoso saque para triunfar por 6/4 e levar o jogo para o quinto e decisivo set

Atuando com inteligência, Nishikori aproveitou um break point logo no quarto game para quebrar o saque de Cilic e abrir 3/1 na última parcial. Liderando o placar, o japonês chegou a ser quebrado de volta no sétimo, mas pressionou o croata no décimo game, chegou ao duplo match point e com uma belíssima devolução conseguiu outro break e selou a vitória por 6/4. 

Na semifinal do último Grand Slam da temporada, Nihiskori enfrentará o sérvio #6 Novak Djokovic, que bateu o australiano #55 John Millman em sets diretos, parciais de 6/3, 6/4 e 6/4. 

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 2 horas
há um dia
há um dia
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias