Em momento histórico para o tênis brasileiro, Wild bate Musetti e conquista título do US Open
Foto: Divulgação/US Open

Em momento histórico para o tênis brasileiro, Wild bate Musetti e conquista título do US Open

Tenista, cabeça de chave número seis, garantiu o primeiro título da história da categoria para o país em Nova Iorque

vavel
Pedro Dayrell

Na tarde deste domingo (9), Thiago Seyboth Wild, 18 anos, atleta Tennis Route no Rio de Janeiro, levou o título juvenil do US Open, último Grand Slam da temporada, em Nova Iorque. O paranaense de Marechal Candido Rondon, patrocinado via Lei de Incentivo do Governo Federal através o Ministério do Esporte, superou o italiano Lorenzo Musetti, 18º do mundo, por dois sets a um com parciais de 6/1, 2/6 e 6/2.

+ Confira as ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Pela primeira vez na história, um brasileiro ganha o título em simples em Nova Iorque, sendo pela segunda vez na história leva um Slam em simples juvenil - Tiago Fernandes foi campeão no Australian Open em 2010. Apenas Maria Esther Bueno havia realizado o feito em simples no profissional em 1959, 1963, 1964, 1966 e nas duplas em 1960, 1962, 1966 e 1968. Além dela, título nas duplas apenas para Felipe Meligeni Alves no juvenil em 2016. 

A campanha do brasileiro foi épica derrubando na semifinal a invencibilidade do número um do mundo, o taiwanês Chun Tseng, que vinha de dois títulos de majors consecutivos em Roland Garros, Wimbledon e só tinha uma derrota na temporada na final em Melbourne.

Na partida final, Wild comandou o embate com o saque e a direita e venceu o italiano facilmente no primeiro set por 6/1 em 18 minutos. Já na segundo set, teve um break a favor no 2/2 mas errou devolução após bom saque aberto de Musetti. O jogo, a partir daí, mudou com Wild tomando duas quebras, errando muito e perdendo a parcial por 6/2 em 31 minutos.

No terceiro e decisivo set, o italiano logo quebrou e abriu 2/0 mas o paranaense uniu forças, devolveu o favor e igualou tudo sacando bem.Com a confiança de volta e com Musetti cometendo mais erros com a pressão exercida por Wild e duas quebras depois, o brasileiro cravou um smash para se ajoelhar para o título do US Open.

VAVEL Logo

    Tênis Notícias

    há 9 horas
    há 17 horas
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 3 dias