Djokovic mantém boa fase, bate Anderson e segue firme rumo ao tetra em Shanghai
Foto: Divulgação / ATP 

Djokovic mantém boa fase, bate Anderson e segue firme rumo ao tetra em Shanghai

Na reedição da final de Wimbledon, sérvio sofreu no primeiro set, mas se impôs e conseguiu a vitória; ex-número um do mundo fica agora a um jogo de voltar ao segundo lugar no ranking

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Nesta sexta-feira (12), na reedição da final de Wimbledon, o sérvio #3 Novak Djokovic derrotou o sul-africano #8 Kevin Anderson por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (1) e 6/3, em 1h42, e classificou-se para as semifinais do Masters 1000 de Shanghai. Com a vitória, o cabeça de chave número dois do torneio aumentou a freguesia do adversário - agora são sete vitórias e apenas uma derrota.

Além disso, Nole pode ultrapassar Roger Federer e voltar a ser o número dois do mundo. Para isso, precisa vencer o alemão #5 Alexander Zverev no jogo deste sábado (13), que vale vaga na grande decisão. Zverev passou nas quartas de final pelo #14 Kyle Edmund.

Tricampeão em Shanghai, Djokovic não teve moleza no primeiro set. Sacando muito bem, Anderson conseguiu neutralizar as ótimas devoluções do sérvio, trazendo um grande equilíbrio para a partida. Nole, por sua vez, também mostrou boa consistência em seus games de serviço - ganhou 78% dos pontos. Após muita disputa, a parcial foi ser decidida no tie-break, onde o sérvio dominou do início ao fim e, com tranquilidade, fechou em 7/6(1). 

Embalado com o momento fantástico que vem vivendo e com a vitória no set anterior, Djokovic obteve um break logo no início da segunda parcial e abriu 3/0. Com o placar favorável, administrou a vantagem e resistiu a pressão do sul-africano. Sacando para o jogo, movimentou muito bem o adversário, fazendo com que o mesmo cometesse erros. Com um primeiro saque potente, fechou em 6/3 e selou a classificação para a semifinal do Shanghai Masters

VAVEL Logo