Muguruza vira contra Sevastova e fecha fase de grupos em Zhuhai com 100% de aproveitamento
Foto: Divulgação/WTA

Na partida mais longa da edição de 2018 do WTA de Zhuhai, realizado na China, a #17 Garbiñe Muguruza avançou às semis da competição de maneira dramática, vencendo a #11 Anastasija Sevastova, da Letônia, por dois sets a um, com parciais de 6/7(4), 6/2 e 7/6(1), em 2h44 de partida, pela última rodada do Grupo Camélia.

Antes do encontro entre as duas, ambas haviam vencido a chinesa #36 Shuai Zhang, convidada do torneio. Por isso, a partida seria definidora: quem vencesse, passaria para as semifinais de maneira invicta. E assim fez Muguruza, que precisou sair de situações extremamente delicadas no terceiro set, tendo de encarar Sevastova servindo para a partida em 5/4 e salvar um match point neste mesmo game, além de salvar um break point no 5/5 com um winner de backhand.

"São essas partidas que realmente contam", afirmou Muguruza após quase 3h em quadra. "São longas, complicadas, você tem que enfrentar match points contrários, mas não pode perder a coragem, nem o entusiasmo. E funcionou hoje. Depois que perdi o primeiro set, acho que consegui lidar bem e tornar as coisas mais positivas no começo do segundo".

Em 2h44 de partida, foram disputados 247 pontos e 34 games, sendo um dos confrontos mais longos da WTA na temporada. Ao todo, 23 break points foram jogados, com apenas dez conversões, seis da espanhola, que conseguiu uma satisfatória taxa de 55% dos pontos ganhos com segundo saque e 61% com o primeiro, contra 67% e 40% de Sevastova, respectivamente.

Com a eliminação, a letã cairá uma posição no ranking, indo para #12, ficando a apenas cinco pontos da décima primeira colocada, Aryna Sabalenka. Muguruza se mantém em #17, mas como avançou às semis, poderá ir à #11 caso conquiste o título e à #14 caso fique com o vice-campeonato.

VAVEL Logo