Kvitova sofre, mas vence Collins em partida de três horas para avançar no WTA de Brisbane
Foto: Twitter/@gjm1508

A Quadra 1 do Brisbane International vivenciou um tremendo comeback na madrugada desta terça-feira (1º). A cabeça de chave número quatro, Petra Kvitova, venceu um jogo muito equilibrado e eliminou a americana #36 Danielle Collins com parciais de 6(6)/7, 7/6(6) e 6/3, em 3h02. 

Petra Kvitova vem de um ano muito positivo. Depois de se recuperar do acidente que quase a deixou sem a mão esquerda, Petra mostrou-se superior a qualquer problema na temporada 2018 ao vencer título em todas as superfícies. Com um ano tão bom, Petra certamente entrou em 2019 com grandes expectativas, o que tornou o choque de perder o primeiro set no round de abertura de Brisbane aceitável. 

No primeiro set, Petra vacilou por diversas vezes. Jogou bem, fez pontos importantes e serviu de forma eficaz, mas não foi capaz de converter nenhum dos cinco (!) set points que teve. Collins precisou de apenas um para tomar a parcial para si em 1h03. 

Na segunda parcial, foi a vez de Collins oscilar. Apesar de não ter nenhum set point, a americana chegou a servir para o jogo em 5/4. Kvitova colocou 'P3tra' em ação e tomou o set para si em 1h13. 

Na terceira e última parcial, Kvitova quebrou o serviço da adversária americana por três vezes e foi quebrada uma única vez. Precisou de dois match points para fechar a parcial, mas fechou, no set mais curto da partida (46 minutos).

Durante toda a partida, Kvitova disparou sete aces e cometeu quatro dupla faltas; Collins marcou nove aces e cometeu oito dupla faltas. Kvitova fez 53 winners para 74 erros não forçados; Collins marcou 24 e 28 respectivamente. 

Com a vitória, Kvitova enfrenta no segundo round do WTA de Brisbane a estoniana #20 Anett Kontaveit, que venceu a espanhola #23 Carla Suarez Navarro por 6/0 e 6/3. Partida acontece na madrugada da próxima quarta (2). 

VAVEL Logo