Sonho vivo: Andreescu continua surpreendendo, bate Hsieh e vai à decisão em Auckland
Foto: Divulgação/WTA

Sonho vivo: Andreescu continua surpreendendo, bate Hsieh e vai à decisão em Auckland

Depois de eliminar Wozniacki e Venus Williams, canadense de 18 anos garante primeira final de WTA na carreira com duplo 6/3 contra taiwanesa

bruno-da-silva
Bruno da Silva

A primeira grande história da temporada 2019 é da canadense #152 Bianca Andreescu. A qualifier de 18 anos eliminou a #3 Caroline Wozniacki, a multicampeã Venus Williams e agora a #28 Su-Wei Hsieh para alcançar a primeira final de torneio WTA na carreira. Na madrugada deste sábado (5), Andreescu superou o jogo cheio de variação da taiwanesa e venceu com duplo 6/3, em 1h23, nas semifinais do WTA de Auckland.

Somando a conquista do título no último torneio que disputou em 2018, o ITF 25k de Norman, e os jogos de qualifying e chave principal em Auckland, Andreescu soma 12 vitórias consecutivas. A canadense começou o torneio na posição #152 e, com a campanha até agora, já subiu para #107, sua melhor marca. Caso vença o torneio, vai alcançar o #89 e entrará pela primeira vez no top 100, encostando na melhor tenista ranqueada do Canadá, a #79 Eugenie Bouchard. Antes da campanha no ASB Classic, o melhor resultado da jovem em torneios WTA na carreira havia sido uma semifinal em Washington, em 2017.

Andreescu começou a partida tendo que salvar três break points logo no segundo game da partida, mas, a partir daí, dominou. Variando um jogo muito potente, mas adicionando dropshots com eficiência, a canadense complicou a vida de Hsieh e chegou a abrir 5/1. Sacando para o set em 5/2, a jovem de 18 anos teve um momento de inconsistência e foi quebrada, mas reagrupou na sequência e quebrou para fechar em 6/3, após 40 minutos.

No segundo set, Andreescu mostrou uma grande consistência no saque. Com 73% dos primeiros saques colocados em quadra, e 75% de pontos vencidos nessa situação, a canadense não enfrentou nenhum break point na parcial. No quarto game, conseguiu quebrar o saque da rival e fez 3/1. Hsieh não enfrentou bp em apenas um de seus quatro games de serviço. A taiwanesa salvou o primeiro match point quando sacava em 3/5, mas a derrota foi só adiada. Andreescu confirmou a vitória em 6/3, em 43 minutos, e manteve o sonho vivo.

O desafio na decisão do ASB Classic será dos mais difíceis. Andreescu vai enfrentar um match-up ruim para o seu estilo, jogando contra a atual campeã, a #14 Julia Goerges, que passou nas semis em sets diretos contra a #50 Viktoria Kuzmova. A partida acontece por volta de 4h30 (horário de Brasília), neste domingo (6).

VAVEL Logo