Sabalenka passa por Boulter e chega à terceira rodada de Melbourne
Foto: Divulgação/WTA

Sabalenka passa por Boulter e chega à terceira rodada de Melbourne

Bielorrussa derrotou britânica na segunda rodada com parciais de 6/3 e 6/4 e conquistou sua sétima vitória no ano

_acechard
Pedro Dayrell

Aryna Sabalenka eleita a a melhor jovem com melhor ascensão do ano passado na WTA, estendeu sua perfeita forma em 2019. A número 11 do mundo eliminou a jovem sensação britânica, #97 Katie Boulter, por 6/3 e 6/4, em 1h13, na segunda rodada do Australian Open, nessa quarta-feira (16). Foi o primeiro confronto entre as tenistas.

"Os Grand Slams são sempre algo especial", disse Sabalenka, em sua entrevista coletiva após o jogo. "Estou muito feliz por vencer este jogo. Katie [Boulter] jogou muito bem. Eu também, na verdade. Foi uma partida muito boa. Estou muito feliz de chegar em minha terceira rodada aqui".

A bielorrussa conquistou quase 80% dos pontos quando seu primeiro serviço entrou, e usou sua agressividade patenteada para disparar 26 winners e o dobro de erros não-forçados. Boulter, de 22 anos, se saiu bem também com 23 winners, mas Sabalenka estava inspirada no dia e quebrou a britânica três vezes durante a partida. Na temporada 2019, Aryna sete dasoitas partidas que disputou - venceu o título em Shenzhen e perdeu na primeira rodada em Sydney para Kvitova.

"Katie é uma jogadora muito agressiva", afirmou Sabalenka. "Ela sempre jogando rente às linhas, com um monte de winners. Foi muito difícil adivinhar o canto certo de onde ela está indo, porque ela bate muito pesado e muito profundo, bolas realmente rápidas. Às vezes é difícil controlá-las. Mas eu acho que fui bem hoje. Estou muito animada com este resultado."

"Estou entusiasmada por estar jogando este alto nível de tênis, ter esta oportunidade de jogar contra grandes jogadoras e também ser uma das grandes jogadores", continuou Sabalenka. "Eu estou focada em cada partida. Não quero realmente pensar em títulos, porque assim você não estará respeitando sua oponente, e você precisa respeitá-las, porque todos elas são realmente grandes jogadoras. Todas elas são muito difícil de se ganhar", ressaltou.

Na próxima rodada, Sabalenka vai enfrentar a jovem #87 Amanda Anisimova, 17 anos, que atropelou a #24 Lesia Tsurenko, com parciais de 6/0 e 6/2.

VAVEL Logo