Em partida histórica, Muguruza fecha batalha com Konta no meio da madrugada
Foto: WTA/Divulgação

Após 2h44 minutos de jogo, a espanhola #18 Garbiñe Muguruza bateu a britânica #38 Johanna Konta por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 6/7 (3) e 7/5, e garantiu vaga na próxima fase do Australian Open. A partida acabou perto das 3h30 no horário local.

Curiosidade do jogo é que este foi o jogo mais tarde a começar na história do Australian Open. Com início às 0h22 no horário de Melbourne, Muruguza e Konta entraram mais tarde do que Daria Gavrilova e Elise Mertens entraram no ano passado. Até então, o duelo entre a russa e a belga detinha o recorde, já que começaram a partida às 23h59.

No primeiro set, Muguruza quebrou logo de cara o serviço da adversária e largou com 2/0 no placar. Aproveitando bem seu primeiro serviço, a espanhola controlou o ímpeto da adversária e conseguiu segurar a vantagem até o fim, quando fechou o set por 6/4.

No segundo set, uma batalha em quadra. Com bom nível das duas jogadoras, apesar de vários erros não forçados de ambos os lados, os detalhes decidiram a vencedora. Com a oportunidade de break points no nono game, Muguruza não conseguiu confirmar a quebra, que lhe oportunizaria sacar para o set na sequência.

Aproveitando a ineficiência da adversária, Johanna Konta confirmou seu serviço e conseguiu levar o set para o tie break, onde conseguiu ser melhor e fechar o set em 7/6 (3).

No último e derradeiro set, mais uma vez, ambas as jogadoras atuaram muito bem, sendo o set mais uma vez decidido por detalhes. Com o jogo concentrado basicamente no fundo de quadra e bons saques, parecia que teríamos mais uma vez o set decidido no tie break. Entretanto, no 12º e crucial game do set, Muguruza conseguiu forçar a quebra de serviço de Johanna Konta e fechou a partida em 2 sets a 1.

Com a vitória, Garbiñe Muguruza enfrentará a suíça #145 Timea Bacsinszky, que bateu a russa Natalia Vikhlyantseva por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/5. O duelo está previsto para ocorrer nesta sexta-feira (18).

VAVEL Logo