Barty vira contra Sharapova e conquista vitória mais importante na carreira
Foto: Divulgação/Australian Open

Barty vira contra Sharapova e conquista vitória mais importante na carreira

Australiana saiu atrás com início lento, mas conseguiu abrir vantagem confortável e finalizar partida com altas doses de drama

henrique
Gabriel Matos

Jogando em seu país natal, a #15 Ashleigh Barty protagonizou uma das partidas mais eletrizantes no dia oito do Australian Open, na madrugada deste domingo (20). A dona da casa derrubou a ex-número um do mundo, atual #30 Maria Sharapova, por dois sets a um, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4, em 2h22 de partida na Rod Laver Arena.

O resultado coloca a australiana nas quartas de final de um Grand Slam pela primeira vez em sua carreira, tendo antes disso alcançado as oitavas do US Open em 2018. Sharapova, por outro lado, buscava fazer a sua 26° quartas de final, fase em que chegou pela última vez em Roland Garros 2018; no Australian Open, as QFs mais recentes foram em 2016, quando perdeu para Serena Williams.

A partida teve diversos momentos de equilíbrio, especialmente nos primeiros games do set inicial e nos últimos games do set final, quando Sharapova passou a pressionar cada vez mais o serviço de Barty, saindo de 0/4 no terceiro set para 4/5, tendo de enfrentar a australiana sacando para o jogo. A russa ainda salvou três match points, mas a tenista da casa encaixou um crucial ace para vencer a primeira partida contra a ex-número um em sua carreira.

Em geral, o jogo foi marcado por um alto número de erros não-forçados, decorrentes do estilo agressivo das duas jogadoras combinado com um desempenho abaixo da média em vários momentos. Ao todo, Barty cometeu 45 erros não-forçados, contra 51 de Sharapova, que conseguiu apenas 17 winners, contra 28 da australiana. No saque, a russa voltou a ter problemas com duplas faltas, cometendo dez e apenas dois aces. Já Barty, uma das melhores sacadoras do circuito, fez seis aces e quatro duplas faltas.

Em entrevista, a tenista da casa se mostrou confiante com seu jogo. Quando questionada sobre sua atitude quando Sharapova fez três games consecutivos no terceiro set, Barty foi direta. "Maria é uma campeã, ela nunca irá desistir. Mas eu confiei no meu trabalho, pois sei que consigo competir com as melhores se eu quiser".

Na próxima rodada, a australiana enfrentará a mesma tenista que a venceu na final de Sydney, realizada há uma semana atrás: a #8 Petra Kvitova, que passou fácil pela #87 Amanda Anisimova. Além da vitória na semana passada, a tcheca possui outras duas vitórias contra Barty, em 2017 e em 2012, não perdendo nenhum outro encontro.

VAVEL Logo