Em maratona dramática, Bautista Agut elimina atual vice-campeão Cilic no Australian Open
Foto: Divulgação/Australian Open

Em maratona dramática, Bautista Agut elimina atual vice-campeão Cilic no Australian Open

Espanhol saiu atrás no placar, mas conseguiu superar as dificuldades em partida épica nas oitavas do Aberto da Austrália; essa foi a primeira vez que RBA passou desta fase em um Slam após oito tentativas

henrique
Gabriel Matos

Nas três primeiras partidas do Australian Open de 2019, o #23 Roberto Bautista Agut havia jogado 13 sets, com duas maratonas de cinco. Na manhã deste domingo (20), o espanhol precisou ir ao set final mais uma vez, agora contra o #7 Marin Cilic, vencendo com parciais de 6/7(6), 6/3, 6/2, 4/6 e 6/4, em 3h58 de partida na Margaret Court Arena.

A vitória garantiu ao espanhol a sua 22ª vitória no Australian Open em oito edições, formando seu recorde pessoal de chegar às quartas pela primeira vez na carreira em qualquer um dos Grand Slams, tendo parado nas oitavas em outras nove oportunidades, a última vez em Wimbledon 2017, quando perdeu para Cilic. O croata, por outro lado, buscava sua 115ª vitória em majors e as quartas de final pela 14ª vez, a terceira no Slam australiano.

No ranking, Bautista Agut continua a avançar posições, se aproximando de sua melhor posição de sempre (#13), já se colocando em #17 com a entrada nas quartas de final. Cilic, em contrapartida, por ser o atual vice-campeão da competição, perderá mais de 1000 pontos no ranking, estando a sua permanência no top 10 sob ameaça a depender do resultado de outros jogadores ainda presentes na chave.

A partida foi completa, com momentos de equilíbrio e momentos de clara dominação para um dos tenistas. No primeiro set, as forças dos jogadores se equalizaram, levando a decisão ao tie break, em que Cilic se saiu melhor, abrindo o placar. A partir daí, o top 10 não conseguiu manter seu nível, causando mais erros não forçados e cedendo uma quebra ao espanhol, que fechou o segundo set em 6/3. Na terceira parcial, o croata se perdeu ainda mais, além de contar com uma melhoria no jogo de Bautista Agut, que conquistou duas quebras, fechando a parcial por 6/2.

Nos dois sets finais, o equilíbrio prevaleceu, com os dois confirmando seus saques sem extremas dificuldades e em alto nível. Ao fim do quarto set, o ex-top 15 sequer teve uma oportunidade de quebra, enquanto Cilic conseguiu uma quebra crucial no último game, fechando em 6/4 e sacando à frente no set decisivo. Este, por sua vez, pendeu para o espanhol, que contou com um passagem ruim de serviço do croata para conquistar uma quebra no nono game do set, sacando para a partida e confirmando sem problemas, avançando às quartas pela primeira vez em sua vida.

No fim do encontro, Cilic saiu com retrospecto negativo, com 65 winners e 73 erros não-forçados, enquanto Bautista Agut, mais conservador, fez 44 winners e 38 erros não forçados. No saque, o campeão do US Open 2014, teve desempenho bastante superior, com 17 aces, contra dez do espanhol, e seis duplas faltas, contra três de seu adversário. Cilic terminou a partida com apenas cinco break points, enquanto seu oponente finalizou-a com 13, das quais converteu cinco.

Nas quartas, Bautista enfrentará o #15 Stefanos Tsitsipas, que eliminou o atual bicampeão #3 Roger Federer, com parciais de 6/7, 7/6, 7/5 e 7/6. O espanhol jamais fez uma partida oficial no circuito contra o grego.

VAVEL Logo