Osaka e Kvitova se enfrentam na final do Australian Open em disputa pelo topo do ranking
Foto: Divulgação/WTA

A edição de 2019 do Australian Open se iniciou com 11 tenistas disputando a liderança do ranking da WTA e a definição só se dará na última partida do torneio entre a japonesa #4 Naomi Osaka, de 21 anos, e a tcheca #6 Petra Kvitova, 28, que superaram seis rodadas completas na competição e formaram a segunda final consecutiva do Slam australiano que decidirá quem se tornará a #1 do mundo.

Osaka se mostra admirada com nova final de Major, mas destaca: "Fruto do meu trabalho"

A partida, realizada nesse sábado (26), às 6h30 (horário de Brasília), vale muito para ambas as tenistas: tanto Kvitova, quanto Osaka, buscam o topo do ranking da WTA pela primeira vez em suas carreiras, além de um título inédito no Australian Open. A tcheca tem como melhor marca a segunda colocação e dois títulos de Slams, ambos em Wimbledon. Osaka, que sequer estava no top 70 há 52 semanas, é a mais recente campeã de um major, vencendo o US Open de 2018.

Kvitova admite surpresa com ida à decisão do Australian Open: "Não pensei que fosse capaz"

Kvitova busca manter a sua invencibilidade em finais de Slams, vencendo as edições de 2011 e 2014 na grama britânica. Na Austrália, seu melhor resultado havia sido as semifinais em 2012, quando caiu para Sharapova. Na campanha atual, a tcheca não perdeu nenhum set, tendo passado menos de oito horas nos seis confrontos, um recorde nos três torneios de major em que alcançou a final.

Naomi Osaka já entra para a final como a tenista mais jovem a alcançar a final de dois Slams em sequência desde Ana Ivanovic, que o fez em 2008. Caso conquiste o título, será a mais jovem a vencer dois Slams consecutivos desde Serena Williams, que realizou o feito em 2002. A japonesa também é a segunda tenista do século a vencer seu primeiro major e alcançar a final do segundo de maneira sequencial. 

A final será a primeira partida entre as duas no circuito profissional, com Kvitova estando com uma pequena vantagem nas casas de aposta, com 55% de probabilidade de vitória. A tcheca venceu suas últimas sete finais, incluindo um título já em 2019, perdendo pela última vez em Linz 2016. Já Osaka fará sua quinta final na WTA, a primeira na temporada, tendo perdido sua mais recente, em Tóquio 2018 para Karolina Pliskova.

Campanha de Osaka até a final

R1: 6/4 6/2 vs #80 Magda Linette

R2: 6/2 6/4 vs #78 Tamara Zidansek

R3: 5/7 6/4 6/1 vs #28 Su-Wei Hsieh

R4: 4/6 6/3 6/4 vs #13 Anastasija Sevastova

QF: 6/4 6/1 vs #7 Elina Svitolina

SF: 6/2 4/6 6/4 vs #8 Karolina Pliskova

Campanha de Kvitova até a final

R1: 6/3 6/2 vs #51 Magdalena Rybarikova

R2: 6/1 6/3 vs #70 Irina-Camelia Begu

R3: 6/1 6/4 vs #49 Belinda Bencic

R4: 6/2 6/1 vs #87 Amanda Anisimova

QF: 6/1 6/4 vs #14 Ashleigh Barty

SF: 7/6(2) 6/0 vs #35 Danielle Collins

VAVEL Logo