Jogando pela primeira vez no torneio, Sharapova despacha Gavrilova em São Petersburgo
Foto: Divulgação/WTA

Jogando pela primeira vez no torneio, Sharapova despacha Gavrilova em São Petersburgo

Russa, que não vencia partida em casa há mais de 10 anos, venceu australiana pelas parciais de 6/0 e 6/4, em ótima partida de 1h47

anaracheel
Ana Carneiro

Maria Sharapova, ex número um do mundo e atualmente ocupando o 29º posto do ranking WTA, estreou no St. Petersburg Ladies Trophy com excelente vitória em cima da australiana #46 Daria Gavrilova. A vencedora de cinco Slams venceu pelas parciais de 6/0 e 6/4, em uma partida que, apesar do placar, foi altamente intensa, durando quase duas horas (1h47). O confronto direto entre as tenistas agora encontra-se em 3 a 1, favorecendo a russa.

Apesar de russa, Sharapova nunca mostrou grande conforto, ou até mesmo interesse, em jogar em casa. Uma narrativa que tomou um rumo diferente na manhã desta segunda-feira (28). Sempre popular por onde quer que passe, a russa contou com a ajuda dos fãs e fez ótima partida para despachar a perseverante adversária. Foi a primeira vez que Maria jogou em São Petersburgo.

Só o segundo game da partida durou 19 minutos. Nove deuces, um break point e oito advantages depois, a russa finalmente conseguiu confirmar seu serviço e, como havia quebrado a australiana no game anterior, saiu com vantagem prematura na partida. Com ótimos rallies e, a partia seguiu. Sharapova conseguiu mais duas quebras (games três e cinco) e fechou o set em seu favor sem grandes dificuldades. 

Na segunda parcial, Gavrilova mostrou-se mais ativa nos rallies e passou a vencer bolas quando a troca de bolas era longa. As quebras aconteceram nos games seis, sete e nove (os pares beneficiando a russa). Em 59 minutos, Sharapova fechou a parcial e confirmou vaga na segunda ronda do torneio de casa.

Sharapova tem como outra Daria como adversária nas oitavas de final do WTA Premier de São Petersburgo a cabeça de chave três, a #12 Daria Kasatkina. Kasatkina venceu a Kremlin Cup, em Moscou, no final de 2018 para fazer sua estreia no top 10. A russa de 21 anos é abertamente fã de Maria, e perdeu o único confronto na história: 6/0 e 6/2, na Rogers Cup de 2018.

VAVEL Logo