Número um do mundo, Osaka surpreende e se desliga do técnico Sascha Bajin
Bajin foi eleito técnico do ano pela WTA em 2018 (Foto: Divulgação/WTA)

Número um do mundo, Osaka surpreende e se desliga do técnico Sascha Bajin

Japonesa anunciou que não trabalharia mais com o técnico alemão pelas redes sociais; sob o auxílio de Bajin, tenista venceu últimos dois Slams

anaracheel
Ana Carneiro

Os grandes torneios podem até dar uma pausa, mas a agenda das jogadoras da WTA nunca. A mais nova novidade de agenda vem da número 1 do mundo, a japonesa de 21 anos Naomi Osaka, que anunciou pelo Twitter o fim de uma excelente parceria de dois anos com o técnico Sascha Bajin

A parceria entre os dois rendeu grandes frutos para a japonesa, incluindo dois títulos de Grand Slam (US Open 18 e Australian Open 19), o Premier Mandatory de Indian Wells, a primeira qualificação da jovem atleta para o WTA Finals de Singapura e, claro, o número um do mundo. E não foi apenas a japonesa que foi retribuída com prêmios. Sascha recebeu o título de coach do ano pela WTA

Bajin, que já trabalhou com nomes como Serena Williams, Caroline Wozniacki e Sloane Stephens, agora fica desempregado e Naomi Osaka fica sem um treinador para o Dubai Duty Free Tennis Championships, primeiro torneio de nível Premier 5 do ano. 

Osaka anunciou o desligamento de Bajin via Twitter com a seguinte mensagem: "Ei, pessoal. Eu não trabalharei mais com Sascha. Eu o agradeço pelo trabalho e desejo o melhor para o futuro." E a resposta do agora ex treinador foi: "Obrigada, Naomi. Eu também te desejo apenas o melhor. Que caminhada foi essa. Obrigada por me deixar fazer parte."

VAVEL Logo