Dellien supera Londero em São Paulo e alcança segunda quarta de final seguida
Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação/Brasil Open

Dellien supera Londero em São Paulo e alcança segunda quarta de final seguida

Boliviano bateu cabeça de chave número seis com parciais de 6/4 e 7/5 e continua subindo no ranking da ATP

bruno-da-silva
Bruno da Silva

O #95 Hugo Dellien chegou ao Brasil sem nenhuma vitória em torneios ATP na carreira. Depois de alcançar as quartas de final do Rio Open depois de superar o qualifying, o boliviano bateu o #66 Juan Ignacio Londero, cabeça de chave número seis do Brasil Open, e está novamente entre os oito melhores de um torneio brasileiro. Nesta quinta-feira (28), Dellien superou o argentino, campeão do ATP 250 de Córdoba há três semanas, em sets diretos, parciais de 6/4 e 7/6(3), em 1h47, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

O resultado melhor ainda mais o ranking de Dellien, que sobe provisoriamente a posição de #87, a melhor da sua carreira. Londero também deve melhorar seu ranking, alcançando a inédita 64ª posição. Este foi o 10º confronto entre os tenistas, o primeiro em nível ATP, e o argentino ainda tem vantagem de seis a quatro.

Dellien conseguiu uma quebra logo no game de abertura para tomar conta da parcial. O boliviano só enfrentou um break point no set, salvo no oitavo game e administrou a vantagem para fechar em 6/4, após 43 minutos.

Os sete primeiros games do segundo set foram confirmados com segurança pelos tenistas. Após alguns break points salvos, três de Londero e um de Dellien, o boliviano foi para o saque perdendo por 6/5. O argentino chegou a fazer 0-40 e ter três set points, mas não conseguiu quebrar o rival, e o set se encaminhou para o tiebreak.

Sem perder nenhum ponto no saque no game desempate, Dellien dominou e conquistou duas mini quebras para fechar o jogo com autoridade e parcial em 7/6(3), após 1h04.

Em busca de sua primeira semifinal na carreira, Dellien enfrenta nas quartas de final do ATP 250 de São Paulo o vencedor do confronto entre o cabeça de chave número um, o #38 João Sousa e o #108 Casper Ruud.

VAVEL Logo