Barty supera Kontaveit no Miami Open e alcança maior final da carreira
Foto: Divulgação/WTA

Barty supera Kontaveit no Miami Open e alcança maior final da carreira

Australiana que fará sua estreia no top 10 já na próxima atualização venceu a estoniana por parciais de 6/3 e 6/3, em 1h16, alcançando sua segunda decisão no ano

anaracheel
Ana Carneiro

A primeira partida de de semifinal do WTA Premier Mandatory de Miami aconteceu, ou ao menos estava programada para, na tarde desta quinta-feira (28). Com os inúmeros atrasos causados pela chuva, a partida adormeceu em três tempos e acabou sendo finalizada no período noturno. A #11 Ashleigh Barty soube lidar melhor com a situação e venceu a #19 Anett Kontaveit por duplo 6/3, em 1h16, para conquistar vaga na segunda final da temporada - a primeira foi no WTA de Sydney, com a tcheca Petra Kvitova. 

A partida que estava marcada para as 14h (horário de Brasília), até começou no horário, mas sofreu com interrupções e só foi finalizada por volta das 20h. No cenário geral, Barty vinha de sua primeira vitória em cima de Petra Kvitova, algo que certamente ajudou quero mental. Já Kontaveit vinha de uma vitória sofrida em cima de Hsieh. Apesar disso, a estoniana havia vencido o último com a australiana, ainda em 2014, nas quadras de grama de Wimbledon - surface preferida de Barty.

Antes da primeira pausa causada pela chuva, Anett chegou a abrir 2/0 se vantagem. A partida foi interrompida e quando recomeçou Barty empatou: 2/2. Novamente uma pausa provocada pela chuva. Quando voltaram ao Hard Rock Stadium, Kontaveit venceu apenas mais um game (de serviço) e acabou perdendo a parcial por 6/3, em 38 minutos.

As tenistas ficaram equilibradas no quesito winners: seis de Kontaveit e sete de Barty. Já no quesito erros não-forçados, a estoniana extrapolou: 17, contra apenas nove. A australiana venceu 87% dos pontos com o primeiro contra 63% da rival. Ash marcou um ace e cometeu duas dupla faltas; a estoniana ficou em dois aces e três dupla faltas. 

Kontaveit voltou a sair na frente na segunda parcial, mas não demorou muito para voltar a cometer erros e praticamente entregar a parcial nas mãos de Barty. Jogando mal nos momentos decisivos, a estoniana sofreu três quebras de serviço e perdeu a chance que teve de normalizar o placar em 3/4*. Barty voltou a fechar a parcial em 6/3, dessa vez em 48 minutos.

Doa 108 pontos disputados, Barty venceu 63 (58%). A australiana fechou com 13 winners e 19 erros não-forçados. No serviço, disparou três aces e cometeu quatro duplas faltas, venceu 83% dos pontos com o primeiro e 43% no segundo. Kontaveit fez 11 winners e cometeu 33 erros não-forçados. No serviço, disparou dois aces e cometeu o dobro se dupla faltas. 

Barty, que já está confirmada no top 10 a partir da próxima atualização, espera na final do Miami Open a vendedora do confronto entre a #3 Simona Halep e a #7 Karolina Pliskova.

VAVEL Logo