Puig
vence Collins com autoridade e avança às semis em Charleston
Foto: Divulgação/Volvo Car Open

Puig vence Collins com autoridade e avança às semis em Charleston

Porto-riquenha derrota norte-americana em uma hora cravada e segue em busca do terceiro título da carreira

gustavo-cipriano
Gustavo Cipriano

A #63 Monica Puig está na semifinal do WTA Premier de Charleston, disputado nos Estados Unidos. Para alcançar o feito, ela venceu sem maiores problemas a dona da casa, #34 Danielle Collins, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em uma hora de partida nesta sexta-feira (5).

Foi um duelo de duas tenistas apresentando estilos de jogo completamente diferentes. Collins tentava angular muito bem os golpes e se manter firme na defesa, enquanto Puig ia ao ataque, agressiva. A porto-riquenha levou a melhor por ser mais decisiva. Muitas de suas bolas "beijavam" a linha, principalmente na paralela, e a adversária não tinha resposta, ainda mais nos pontos importantes. Ela obteve cinco quebras a seu favor, contra apenas uma para a oponente.

A norte-americana também não esteve em uma noite inspirada. Seu saque simplesmente não entrava. Em quase metade das vezes, ela precisou trabalhar com o segundo serviço (51% de acerto de primeiro saque), e isso facilitou a vida da adversária. Ela se colocou contra a parede muitas vezes - chegou a ter 14 break points contra, dos quais ainda salvou nove de forma brilhante, mas mesmo assim, não foi suficiente.

Logo no início do primeiro set, Puig foi quem teve que virar para cima da adversária dentro do game para salvar seu saque. Com isso, ela adquiriu confiança e conseguiu quebrar a norte-americana logo em seguida. Collins sequer ameaçou a liderança da porto-riquenha na parcial e ela fechou em 6/3, com outra vitória no serviço da oponente no último game.

O segundo set foi um verdadeiro passeio. A atual campeã olímpica teve aproveitamento acima de 50% em quase todas as estatísticas e jogou ainda mais pressão para o outro lado. Assim, Puig encaminhou a vitória de modo muito tranquilo, com três quebras - uma delas foi devolvida quando ela sacava para o jogo em 5/1, momento em que até já teve dois match points a favor, mas desperdiçou. O triunfo, porém, veio logo em seguida: 6/2 e confronto encerrado em 2 a 0.

Monica Puig segue agora em busca do seu terceiro título da carreira; o primeiro aconteceu em Strasbourg, em 2014, e o segundo nos Jogos Olímpicos 2016, sediados no Rio de Janeiro. Se avançar, ela chegará também à sua quinta final - foi vice em Sydney e Luxemburgo, em 2016.

Em busca da final no Volvo Car Open, Puig terá que passar por mais uma tenista da casa: a #18 Madison Keys, que derrotou a #8 Sloane Stephens por 2 sets a 1, em partida de 2h14, pelas quartas de final.

VAVEL Logo