Keys passa por Puig e volta à final em Charleston depois de quatro anos
Como que a Kerber conseguiu???? (Foto: Divulgação/Volvo Car Open)

Keys passa por Puig e volta à final em Charleston depois de quatro anos

Americana venceu a atual campeã olímpica em sets diretos, com direito a pneu, para fazer primeira final desde o US Open 2017

anaracheel
Ana Carneiro

A segunda e última partida de semifinal do Volvo Car Open aconteceu na tarde deste sábado (6) na quadra principal do torneio, a Volvo Car Stadium. Na ocasião, a campeã olímpica #63 Monica Puig sofreu grande derrota frente a #18 Madison Keys. As parciais foram de 6/4 e 6/0 e a partida deu-se por encerrada após 65 minutos. A estadunidense, que havia caído nas semifinais em 2018, agora lidera o confronto direto por três a dois.

Depois do tremendo choque de despachar uma das sempre cogitadas favoritas ao título #10 Aryna Sabalenka e da ótima vitória em cima da anja #34 Danielle Collins, Puig ficou com a moral nas alturas e certamente foi cogitada para fazer a final do torneio. Apesar disso, Keys entrou em quadra com excelente vitória em cima da cabeça de chave número um, a #8 Sloane Stephens, o que certamente deu o gás necessário para que a americana desejasse seguir direto à final do torneio. 

Já familiarizada com o evento (fez final em 2015), e com o favoritismo, Keys não demorou para mostrar que seu objetivo ao entrar em quadra era um único: fazer a final. A americana quebrou o serviço de Puig no quarto game da primeira parcial e apesar de sofrer a quebra logo em seguida, conseguiu a vantagem no último game, quando Puig servia para manter-se no set. 

Keys conseguiu 14 winners e bateu oito erros não-forçados, disparou seis aces e cometeu uma dupla falta. Puig fechou com 11, nove, dois e um, respectivamente. 

Na segunda parcial, Keys dominou por absoluto. Conquistou quebras nos games dois, quatro e seis, sendo o sexto o último game da partida, onde precisou de quatro match points para enfim converter e conquistar a vitória.

A dona da casa venceu 58% dos pontos corridos (65/113), venceu 65% dos pontos com o primeiro serviço e 52% em bolas de devolução. A americana deu show de aces, disparando um total de nove - contra apenas dois da porto-riquenha. Keys disparou uma única dupla falta, Puig, tentando forçar o serviço e claramente incomodada com as devoluções da cabeça de chave número seis, cometeu seis dupla faltas.

Madison Keys fará a primeira final em saibro desde 2016, onde perdeu para a, na época, número um do mundo Serena Williams em Roma, e agora enfrenta uma outra ex líder de ranking, a #13 Caroline Wozniacki, que venceu a #52 Petra Martic em sets diretos. As duas buscam abrir a temporada de saibro da melhor forma possível: com o título do WTA Premier de Charleston.

VAVEL Logo