Com Safarova em ação, República Tcheca vence Canadá e segue no Grupo Mundial da Fed Cup
Vai fazer falta, sim (Foto: Divulgação/Fed Cup)

Com Safarova em ação, República Tcheca vence Canadá e segue no Grupo Mundial da Fed Cup

Donas da casa fizeram 4 a 0 diante das canadenses; vitórias foram de Marketa Vondrousova, Karolina Muchova e Lucie Safarova/Barbora Krejcikova

anaracheel
Ana Carneiro

Jogando em casa, a República Tcheca, atualmente maior vencedora da década da Fed Cup, enfrentou o Canadá na manhã deste domingo (21) em um duelo decisivo para ambas, que buscavam a classificação direta ao Grupo Mundo na edição de 2020. As donas da casa, desfalcadas de nomes como Petra Kvitova, Karolina Pliskova e Barbora Strycova confirmaram o favoritismo com vitória por 4 a 0 diante das rivais ainda mais desfalcadas, de Bianca Andreescu, Eugenie Bouchard e Françoise Abanda. Foram duas vitórias garantidas no último sábado (20) e as outras nas partidas do dia atual.

A #47 Marketa Vondrousova iniciou o domingo (21) de competição e venceu a #184 Rebecca Marino por 6/3 e 6/4, em 1h11. A partida de duplas, apenas para cumprir tabela, aconteceu entre Lucie Safarova/Barbora Krejcikova e Gabriela Dabrowski/Sharon Fichman. As tchecas venceram por 7/6(4) e 7/5 em 1h40.

Vondrousova venceu a canadense rapidamente. As tenistas até então não haviam se encontrado, mas não foi problema para a tcheca, que conquistou quatro quebras de serviço durante a partida. Marketa zerou em aces e cometeu cinco dupla faltas; finalizou com 13 winners e 20 erros não-forçados. Marino disparou três aces e cometeu duas dupla faltas; a a canadense marcou ainda 13 winners e 35 erros não-forçados.

Com a vitória de Vondrousova, a República Tcheca já estava garantida no Grupo Mundial, mas a partida de dupla aconteceu da mesma forma. Lucie Safarova e Barbora Krejcikova entraram em quadra pela primeira vez como dupla e não demoraram para encontrar a química necessária para vencer a dupla adversária.

As tchecas dispararam dois aces e cometeram duas dupla faltas; no total de pontos, fizeram 38 winners e cometeram 31 erros não-forçados. A dupla canadense fechou com um ace (vindo da raquete de Dabrowski) e cometeu seis dupla faltas; fizeram ainda 22 winners e cometeram 21 erros não-forçados.

A vitória de dupla - e da República Tcheca ao todo - foi um momento de destaque, por conta da aposentadoria de Lucie Safarova. A tcheca está se despedindo do tênis e fez sua última participação como jogadora na competição entre nações anual da WTA. A despedida da ex top 10 e finalista de Roland Garros contou com uma bonita homenagem dos diretores e de sua equipe. 

Safarova ainda joga em casa, no WTA de Praga, último torneio de sua carreira. A tcheca havia recebido convite ao qualifying do WTA de Stuttgart, mas como jogou a Fed Cup não teve como comparecer. 

VAVEL Logo