Em grande fase, Garin supera batalha contra atual campeão Zverev e vai às semis em Munique
Foto: Divulgação/ATP

Nesta sexta-feira (3), o chileno #48 Cristian Garin, 22 anos, conquistou sua maior vitória na carreira ao eliminar o #3 Alexander Zverev nas quartas de final do ATP 250 de Munique. Garin superou o atual campeão do torneio fechando a partida em três sets, parciais de 6/4, 5/7 e 7/5, em 2h14.

Zverev chegou a abrir 3/0 no set inicial, mas Garin conseguiu se recuperar na sequência, subindo seu nível no saque e vencendo seis dos últimos sete games da partida para fechar em 6/4. Na segunda parcial, foi o chileno quem esteve na frente abrindo 3/1 e depois sacando para o jogo em 5/4 e tendo três match points. O alemão, cabeça de chave número um, porém, conseguiu recuperar-se e venceu os três últimos games da parcial para empatar o confronto.

Na terceira parcial, dez break points foram oportunizados, com Zverev salvando 1/4 e Garin 4/6. O alemão teve muitos problemas no segundo serviço no set decisivo, vencendo apenas 14% dos pontos nessa situação. Mesmo assim, o dono da casa teve dois match points no décimo game, mas não conseguiu fechar a partida. O chileno, vencendo 11 dos últimos 12 pontos do jogo, fechou a partida no seu quarto match point e comemorou uma grande virada.

Garin venceu seu 19º jogo no ano, o décimo nos últimos 11 jogos, incluindo um título em Houston. O chileno já garante ao menos a ascensão a posição de #39, melhor da carreira, podendo subir até o 32º lugar caso vença o título. Já Zverev, por não conseguir defender seus pontos como campeão de 2018, cairá para a quarta posição, ultrapassado por Roger Federer.

Nas semifinais do BMW Open, Garin enfrenta o #19 Marco Cecchinato, que conquistou grande vitória diante do #35 Martón Fucsovics, parciais de 1/6, 7/5 e 7/5. O italiano venceu os dois confrontos anteriores contra o chileno.

VAVEL Logo