Em um dos melhores jogos do ano até aqui, Djokovic bate Del Potro e avança no Masters 1000 de Roma
Foto: Divulgação / Internazionali BNL d'Italia

Em um dos melhores jogos do ano até aqui, Djokovic bate Del Potro e avança no Masters 1000 de Roma

Tetracampeão do torneio, sérvio salva dois match points e vence argentino de virada após 3h01 de uma partida de alto nível

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Como de costume, o #1 Novak Djokovic e o #9 Juan Martin del Potro protagonizaram mais um grande espetáculo que encantou os amantes do tênis. Em um duelo eletrizante, o sérvio bateu o argentino por 2 sets a 1, de virada, após salvar dois match points, com parciais de 4/6, 7/6 (6) e 6/4, em 3h01 de partida, e garantiu-se nas semifinais do Masters 1000 de Roma, onde já sagrou-se campeão em quatro oportunidades (2008, 2011, 2014 e 2015).

Com o resultado, Djokovic ampliou o retrospecto favorável diante do adversário. Agora, são 16 vitórias em 20 jogos. Das quatro derrotas, nenhuma foi no saibro. Porém, nesta sexta (17), Del Potro teve uma chance de ouro para quebrar esse tabu.

Após vencer o primeiro set por 6/4 com uma quebra conquistada no sétimo game, o argentino manteve a consistência e os golpes agressivos na segunda parcial, principalmente com seu poderoso forehand. Entretanto, viu o sérvio obter a quebra e sacar para o set, mas conseguiu pressionar no momento decisivo e devolveu o break.

A decisão foi para o tie-break, onde a 'Torre de Tandíl' conseguiu abrir vantagem e chegou a ter 6-4. Contudo, na hora de selar a vitória, errou seu principal golpe, o mesmo que o fez conquistar muitos pontos ao longo do confronto. Logo depois de mandar a direita para fora, se perdeu no game desempate e pouco pôde fazer diante de um Djokovic que cresceu, virou a parcial e fechou em 7/6 (7-4), vibrando muito diante de um público em êxtase. 

Elevando seu nível após a virada incrível no set anterior, Nole veio com tudo. Del Potro até conseguiu equilibrar o máximo possível, mas acabou sendo quebrado e viu o sérvio sobrar em quadra no restante da partida. Fazendo valer a superioridade no placar, o número um do mundo devolveu o 6/4 e decretou o triunfo suado diante do argentino.

Nas semifinais do Internazionali BNL d'Italia, o tetracampeão enfrentará o argentino #24 Diego Schwartzman, que pela primeira vez derrotou o japonês #6 Kei Nishikori e atingiu o melhor resultado da carreira em Masters 1000. A vitória do tenista sul-americano foi em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

VAVEL Logo