Osaka sai do buraco mais uma vez, elimina Azarenka e sobrevive em Roland Garros
Foto: Divulgação/WTA

Osaka sai do buraco mais uma vez, elimina Azarenka e sobrevive em Roland Garros

Japonesa esteve um set e um break atrás, mas conseguiu sobreviver a mais uma batalha, fechando partida com parciais de 4/6, 7/5 e 6/3

bruno-da-silva
Bruno da Silva

Em duelo de duas bicampeãs de Grand Slam, a #1 Naomi Osaka esteve perto da derrota mais uma vez, mas superou a #43 Victoria Azarenka e garantiu vaga na terceira rodada em Roland Garros. A japonesa buscou uma grande virada para fechar com parciais de 4/6, 7/5 e 6/3, em 2h52, nesta quinta-feira (30).

Azarenka começou muito bem a partida, aproveitando mais uma vez a irregularidade da líder do ranking para abrir 4/0 logo de cara. Osaka conseguiu melhorar seu nível, perdendo apenas quatro pontos nos seus últimos três games de saque na parcial, e chegou a quebrar a bielorrussa na primeira oportunidade que teve para fechar a primeira série. No décimo game, porém, a ex-número um do mundo confirmou o serviço e fez 6/4, em 41 minutos.

Após salvar cinco break points em suas duas passagens no saque, Azarenka buscou a quebra no quinto game para sair na frente. No oitavo game, o mais longo do jogo, a bielorrussa teve três game points, e salvou dois bps, antes de perder seu saque e ver Osaka igualar a partida. A japonesa, que melhorou consideravelmente sua relação winners/erros não-forçados, mostrou mais uma vez um grande poder de clutch: no 12º game, mesmo após perder três set points, finalmente empatou a partida com 7/5, em 1h17 de parcial.

Após uma polêmica pausa de 11 minutos para Azarenka ir ao banheiro, Osaka enfrentou três break points logo no primeiro game, viu Azarenka fazer 1/1 na parcial, mas embalou uma sequência de 16 pontos vencidos em 19 disputados. Com 5/1 de vantagem, a japonesa serviu para o jogo, mas, após desperdiçar match point, cedeu dois games em sequência para ver a rival diminuir para 5/3. A bielorrussa teve chance de quebrar no décimo game, mas novamente a japonesa conseguiu manter seus nervos e fez 6/3, em 54 minutos.

Esta foi a terceira partida entre as tenistas, e a segunda vitória de Osaka. Assim como na primeira rodada, quando a japonesa viu a #90 Anna Karolína Schmiedlova sacar duas vezes para fechar o jogo, virou para avançar em Paris. A número um do mundo, que vem de conquistar dois Slams seguidos, venceu pela quinta vez de virada no ano e tem retrospecto de dez vitórias em 13 partidas de três sets em 2019.

Na terceira rodada, Osaka enfrenta a #42 Katerina Siniakova, que venceu partida de mais de três horas contra a #30 Maria Sakkari, parciais de 7/6(5), 6(8)/7 e 6/3.

VAVEL Logo