O adeus de Safarova: tcheca é homenageada após encerrar sua carreira em Roland Garros
Foto: Divulgação/Roland Garros

O tênis feminino perdeu na última quarta-feira (29) uma das tenistas mais queridas do circuíto profissional. A tcheca #139, ex-número cinco em simples e ex-líder do ranking em duplas, Lucie Safarova deu por completa a sua trajetória dentro de quadra, justamente em Roland Garros, onde alcançou a final em simples no ano de 2015 e conquistou o título em dupla nos anos de 2015 e 2017 - ambos ao lado da americana Bethanie Mattek-Sands.

Uma das tenistas mais queridas do circuíto, Safarova foi notoriamente uma boa tenistas em simples, e ótima em dupla. Sozinha, a tcheca conquistou sete torneios WTA durante seus 15 anos como profissional - além da final em Roland Garros, 2015 e semifinal em Wimbledon, 2014. Já em duplas, conquistou 15 títulos, cinco deles em nível Grand Slam - todos ao lado de Bethanie Mattek-Sands.

Safarova certamente deixará falta, não apenas aos fãs, como também as colegas de circuíto. A tcheca recebeu homenagem em casa, no WTA de Praga, onde havia programado de encerrar a carreira até receber o convite para o quadro principal do French Open.

Fazendo dupla com a eslovaca Dominika Cibulkova, Lucie entrou em quadra pela última vez para enfrentar Andrea Petkovic e Sofia Kenin e acabou derrotada por 6/4 e 6/0. Petkovic, amiga de anos da tcheca, deu um tremendo abraço na redes sociais disse que Lucie faria falta. 

Em uma cerimônia especial de celebração na Philippe Chatrier quadra principal do slam francês, Safarova recebeu uma lembrança e, em lágrimas, disse algumas palavras: "Essa é verdadeiramente minha quadra preferida do mundo. São tantas boas lembranças... A WTA tem sido como uma família nesses 15 anos. Obrigada, Paris, eu amo você".

https://twitter.com/rolandgarros/status/1134094335841116162?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1134094335841116162&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.wtatennis.com%2Fnews%2Fparis-i-love-you-safarova-given-send-french-open

Eu estimei mas as derrotas, porque aprendi com elas e assim eu fui capaz de ser melhor e de conquistar o que queria, que foram os meus sonhos

Nas redes sociais, colegas da tcheca se manifestaram, desejando tudo de bom para a mesma que já afirmou que o próximo capítulo é uma "longa férias", e que também pretendo voltar ao esporte de alguma forma.

VAVEL Logo