Martic supera jogo de altos e baixos contra Kanepi e vai às quartas em Roland Garros
Foto: Divulgação/Roland Garros

Abrindo os trabalhos deste domingo (2) na Quadra Central Philippe-Chartrier, a #31 Petra Martic superou a #88 Kaia Kanepi e se garantiu nas quartas de final em Roland Garros. Martic confirmou sua melhor campanha da carreira em Slams com vitória de virada, parciais de 5/7, 6/2 e 6/4, em 2h14.

Kanepi fez um primeiro set seguro. A estoniana foi quebrada no quinto game, mas essa foi o único momento que teve seu serviço ameaçado em toda a parcial. Além disso, ela contou com um alto número de erros não-forçados de Martic - 20 a 14. Mesmo assim, a a partida se manteve muito equilibrada até que, no 12º game, a croata oscilou no seu saque e não resistiu. Aproveitando 2/3 de break points que teve, Kanepi fechou a parcial com 7/5, em 51 minutos.

Martic parecia totalmente fora de jogo no começo da segunda parcial, quando largou perdendo os oito primeiros pontos e viu Kanepi abrir 2/0. A partir daí, porém, a partida mudou totalmente. A estoniana não conseguiu manter sua agressividade - só encaixou dois winners em todo o set, nove a menos que no primeiro - e passou a sofrer muito com a variação mostrada pela cabeça de chave 31. A croata, assim, venceu seis games seguidos e fez 6/2, em 30 minutos.

Novamente Kanepi começou o set abrindo 2/0, mas, dessa vez, chegou a ter 40-0 no seu serviço para ampliar ainda mais a vantagem, mas acabou sendo quebrada. Diferente dos outros sets, o decisivo teve muitos games longos e apenas três dos dez games não tiveram break points. O oitavo game foi o momento decisivo. A estoniana liderava por 4/3 e chegou a ter quatro bps, mas Martic resistiu e confirmou seu saque em game de oito minutos.

Martic se encheu de confiança e elevou muito o nível na reta final. Vencendo 11 dos últimos 12 pontos da partida, a croata se impôs e fechou em 6/4, após 53 minutos.

No geral, Kanepi teve dois aces e cinco duplas faltas, contra um e oito de Martic, respectivamente. As duas tiveram um saldo de winners/erros não-forçados muito baixo: 20 e 46 para a estoniana, e 26 e 42 para a croata. A vencedora da partida foi muito melhor na rede: venceu 15/24 pontos, contra apenas 5/12 para a rival.

A campanha de Martic em Roland Garros é a melhor de sua carreira em 30 Slams disputados. A croata de 28 anos é a tenista que mais venceu partidas WTA de saibro no ano - 16 vitórias em quatro torneios disputados na terra batida. Sua campanha em Paris já a eleva para a 23ª posição, seu melhor ranking na carreira, superando a 28ª que havia alcançado em maio.

Nas quartas de final do Aberto da França, Martic reencontra a #38 Marketa Vondrousova, outra estreante em quartas de final de Majors, que atropelou nas oitavas a #12 Anastasija Sevastova, parciais de 6/2 e 6/0. A croata lidera o confronto direto por quatro a zero, incluindo a decisão do WTA de Istambul neste ano.

VAVEL Logo