Vondrousova passa por Konta e fará final mais importante da carreira em Roland Garros
Com isso, república tcheca coloca mais uma jogadora em uma final de Slam na temporada; única nação a fazê-lo até então (Foto: Divulgação/WTA)

Vondrousova passa por Konta e fará final mais importante da carreira em Roland Garros

Tcheca, que ainda não perdeu sets no torneio, fez mais uma excelente partida, despachou a britânica mais bem ranqueada em 1h48 e alcançou o resultado mais importante da carreira

anaracheel
Ana Carneiro

As duas partidas de semifinal feminina no Aberto da França começaram ao mesmo tempo, e como esperado, uma terminou antes que a outra. A partida que aconteceu na Court Simonne Mathieu, quadra secundária do slam francês foi a primeira a se encerrar. #38 Marketa Vondrousova precisou de 1h48 para fazer 7/5 e 7/6(2) na #26 Johanna Konta

Com apenas 19 anos, Vondrousova tem feito da temporada 2019 uma digna de sonhos. Com o melhor recorde desde o Australian Open (27-5), a jovem tcheca alcançou ao menos quartas de final em todos os torneios que participou desde o slam australiano e agora conquistou a vaga na final mais importante de sua ainda iniciante carreira, no Aberto da França. 

Sua vitória em sets diretos contra a britânica contou altos momentos de tensão, mas nada que abalasse o seu jovem espírito. 

Na primeira parcial, Marketa começou sendo quebrada e só conseguiu reaver a quebra no quarto game - apenas para ser quebrada novamente em seguida. Konta seguiu com a vantagem e chegou a ter três set points - no serviço da tcheca -, sem sucesso em converter nenhum deles. A britânica ainda serviu para o set, mas sofreu quebra, perdeu sua vantagem e acabou por desabar no quesito mental. Vondrousova acabou vencendo os quatro últimos games do set e conquistou o 7/5 na primeira chance que teve, em 54 minutos.

Konta despede-se do segundo Slam do ano com uma ótima campanha feita e uma boa subida no ranking (Foto: Divulgação/Roland Garros
Konta despede-se do segundo Slam do ano com uma ótima campanha feita e uma boa subida no ranking (Foto: Divulgação/Roland Garros

A segunda parcial da partida durou também 54 minutos e foi muito mais equilibrada - e bem jogada - que de abertura. Vondrousova novamente sofreu quebra nos games iniciais da partida, dessa vez no terceiro; e Konta novamente perdeu uma chance de servir para o set, dessa vez no 10º game. Com tudo igual no marcador, ambas as jogadoras confirmaram seus próximo serviço e o tiebreak deu-se por iniciado. 

E o game desempate foi tudo de bom para a tcheca, que conquistou três mini quebras, sofreu uma, e finalizou a partida no primeiro match point que teve. 

Marketa mostrou-se melhor que a britânica no quesito agressivo, sendo boa em fazer winners, mas dosando para não cometer erros em excesso. A tcheca fez 21 bolas vencedoras contra 33 da britânica, mas cometeu 22 erros não-forçados contra 41 da britânica. No serviço, Konta fez três aces e cometeu duas dupla faltas; Vondrousova fez uma ace e cometeu cinco dupla faltas; apenas disso, a tcheca finalizou superior no quesito, fechando com 65% de pontos vencidos no primeiro serviço e 61% no segundo, enquanto que Johanna ficou em 54 e 60% respectivamente. 

Com a ótima campanha no slam francês, Konta entrará novamente no top 20. A britânica tem boas notícias pela frente: a temporada de grama ajuda em seu jogo, e sua nacionalidade a faz ser uma das 'donas da casa' no terceiro Grand Slam no ano, Wimbledon.

Marketa Vondrousova avança para a primeira final de nível Grand Slam da carreira e tem em mente que, apesar do resultado, já está garantida ao menos na 16ª posição do ranking WTA. A tcheca fará a final de Roland Garros com a #8 Ashleigh Barty, que venceu a adolescente americana #51 Amanda Anisimova por 7/6(4) 3/6 e 3/6. Partida de final acontece no próximo sábado (07) às 10h.

VAVEL Logo