Barty e Vondrousova se enfrentam na inesperada final de Roland Garros
Foto: Divulgação/Roland Garros

Barty e Vondrousova se enfrentam na inesperada final de Roland Garros

Ambas tenistas fazem sua primeira final de Slam e vão em busca de título inédito

gustavo-cipriano
Gustavo Cipriano

Neste sábado (8), uma nova campeã de Roland Garros será coroada. A #8 Ashleigh Barty, 23 anos, quanto a #38 Marketa Vondrousova, 19, nunca atingiram esse feito em chaves de simples em Grand Slams - em duplas, Barty tem cinco finais de Major e o título do US Open 2018. A partida está marcada para a Quadra Philippe-Chartrier, às 10h (horário de Brasília).

De fato, nenhuma das duas chegou tão longe em um Major anteriormente. Além disso, Vondrousova só havia vencido uma e Barty duas partidas na carreira em Paris. A tenista de 19 anos até hoje só tinha registrado resultado máximo até a quarta rodada de um torneio desse nível, no US Open do ano passado. A australiana vive um ótimo momento na carreira e quebra agora a sua maior marca, que havia anotado ainda em 2019, quando jogou em casa.

Este será o terceiro encontro entre as jogadoras. A australiana levou a melhor nos dois anteriores, sem ceder sets, mas com dificuldade. O primeiro foi na grama de Birmingham, em 2017, e ela venceu por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 e 7/6(1). O segundo aconteceu em 2018, na quadra dura em Cincinatti; o placar foi de 6/3 e 7/5.

Ashleigh Barty teve uma trajetória ‘anti-americana’ até a decisão. Com exceção de Andrea Petkovic (alemã) na terceira rodada, todas as adversárias (cinco de seis) que teve que derrotar são de nacionalidade dos Estados Unidos.

Na semifinal, a australiana esteve a poucos passos de ser eliminada. A jovem de 17 anos venceu o primeiro set no tie-break, por 7-4, e abriu 3/0 no segundo. Porém, Barty se recuperou no jogo e aplicou uma bela virada para fechar em 2 sets a 1, com um duplo 6/3, na segunda e terceira etapas.

Caminho de Barty até a final

R1: #72 Jessica Pegula 6/3 6/3

R2: #36 Danielle Collins 7/5 6/1

R3: #69 Andrea Petkovic 6/3 6/1

R4: #35 Sofia Kenin 6/3 3/6 6/0

QF: #14 Madison Keys 6/3 7/5

SF: #51 Amanda Anisimova 6/7(4) 6/3 6/3

Australiana pode sair de Paris como vice-líder do ranking mundial (Foto: Divulgação/Roland Garros)
Australiana pode sair de Paris como vice-líder do ranking mundial (Foto: Divulgação/Roland Garros)

Vondrousova também não teve vida fácil nas semis. A oponente era Johanna Konta, e por pouco a britânica não a arrastou para dois tiebreaks. Foi uma vitória em dois sets, em que ela esteve perdendo em ambos e precisou virar, com parciais de 7/5 e 7/6(2). A tcheca, que já garante ao menos a posição #16 no ranking da WTA, vai subir para #11 caso conquiste o troféu em Paris. 

Caminho de Vondrousova até a final

R1: #56 Yafan Wang 6/4 6/3

R2: #81 Anastasia Potapova 6/4 6/0

R3: #29 Carla Suárez Navarro 6/4 6/4

R4: #12 Anastasija Sevastova 6/2 6/0

QF: #31 Petra Martic 7/6(1) 7/5

SF: #26 Johanna Konta 7/5 7/6(2)

Tcheca não perdeu nenhum set em Paris (Foto: Divulgação/Roland Garros)
Tcheca não perdeu nenhum set em Paris (Foto: Divulgação/Roland Garros)

Você acompanha todos os detalhes ao vivo da final feminina de Roland Garros a partir das 10h, aqui, na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo