Com apoio da torcida, Konta vira sobre Kvitova e segue viva em Wimbledon
Foto: Divulgação/WTA

Com apoio da torcida, Konta vira sobre Kvitova e segue viva em Wimbledon

Dona da casa fez boa partida para eliminar uma das grandes favoritas ao título de virada e avançar às quartas de final do Slam de inglês

anaracheel
Ana Carneiro

Fazendo sua partida de oitavas da final em Wimbledon na tarde desta segunda-feira (8) a #18 Johanna Konta venceu, de virada, a bicampeã do Slam inglês, #6 Petra Kvitova com as sólidas parciais de 4/6, 6/2 e 6/4, em 2h24.

A Manic Monday contou com várias surpresas no circuito feminino, uma delas sendo a derrota de uma das grandes favoritas ao título, Petra Kvitova, nas oitavas de final frente a dona da casa mais bem ranqueada atualmente. 

Kvitova até começou bem. Fez uma partida equilibrada, salvou break point em um momento crucial e conquistou sua punia quebra do set no décimo game, no primeiro break point/set point que teve. A tcheca, que parecia encaminhar para o tri-campeonato, precisou de 41 minutos para fechar o set por 4/6.

Na segunda parcial, o ritmo da tcheca despencou. Konta não precisou se esforçar muito para abrir 4/0* de vantagem. A britânica, que contou diretamente com o empurrão dado pela torcida, salvou break point quando necessário e acabou ficando com o set: 6/2, em 49 minutos.

Na terceira e última parcial, Kvitova sofreu duas duras quebras nos games três e quatro. Como é de seu costume, a tcheca não conseguiu converter break point quando teve a chance mais cedo, no sexto game, e só foi capaz de conquistar a quebra no oitavo game, depois de salvar match point da adversária. Konta não se deixou abalar e dois games depois serviu novamente para a partida, dessa vez com maestria, e acabou conquistando a vitória em cima da poderosa tcheca

Konta disparou seis aces e cometeu cinco dupla faltas; a britânica fez ainda 22 winners e cometeu 21 erros não-forçados. Kvitova, por sua vez, fez seis aces, quatro dupla faltas, disparou 40 winners e cometeu 31 erros não-forçados.

Com a derrota, Kvitova não consegue repetir o feito da temporada anterior, onde venceu ao menos um torneio em todas as superfícies, mas certamente não tem motivos para lamentas: a tcheca segue tendo uma das melhores campanhas em 2019. 

Konta, já garantida nas quartas de final de Wimbledon, agora enfrenta uma outra tcheca, a #54 Barbora Strycova que, com sua vitória em cima da #21 Elise Mertens, conquistou sua terceira vitória de upset no slam inglês (#33 Lesia Tsurenko - primeira ronda e #4 Kiki Bertens - segunda ronda). Strycova lidera o confronto direto com a britânica por um a zero.

VAVEL Logo