Em seu retorno aos torneios de simples, Murray perde para Gasquet e se despede de Cincinnati
Foto: Divulgação / ATP

Em seu retorno aos torneios de simples, Murray perde para Gasquet e se despede de Cincinnati

Campeão do torneio em 2008 e 2011, britânico luta, mas comete erros em momentos cruciais e cai para francês em dia inspirado

caiocarvalho97
Caio Carvalho

O mundo do tênis sorriu no dia de hoje. Nesta segunda-feira (12), o ex-número um e atual #324 Andy Murray voltou a disputar um torneio de simples, o que não acontecia desde o Australian Open, em janeiro. Depois de retornar às quadras após passar por uma cirurgia no quadril jogando apenas competições de duplas, o britânico recebeu um wildcard e entrou na chave do Masters 1000 de Cincinnati.

Campeão do torneio em 2008 e 2011, Murray lutou, reclamou, brigou, correu, mas acabou perdendo na estreia para o francês #59 Richard Gasquet, outro velho conhecido do circuito, que jogou muito bem e triunfou por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1h36 de partida. 

Esse foi o segundo duelo entre os dois em Cincinnati. O primeiro havia sido em 2015, pelas quartas de final. Naquela ocasião, Andy saiu com a vitória em três sets. Agora, mesmo com a derrota desta tarde, o britânico lidera o confronto direto por 8 a 4. 

O jogo

Apesar de estar longe de seu ritmo de jogo ideal, Murray lutou bastante e equilibrou o duelo do início ao fim. No começo do primeiro set, os dois trocaram break points e mantiveram tudo igual, até que Gasquet conquistou a segunda quebra após um game abaixo do britânico e, dominando do fundo da quadra, passou a liderar o placar.

Com 83% dos pontos ganhos com o 1° serviço, o francês dificultou as devoluções do britânico, que pouco conseguiu fazer. Fazendo valer a vantagem mínima obtida, Gasquet variou muito bem o jogo e confirmou seu saque com tranquilidade, fechando a parcial em 6/4 e largando na frente contra o ex-número um. 

Na volta para o segundo set, Murray parecia um pouco cabisbaixo e acabou perdendo seu serviço logo no primeiro game. Porém, sem se entregar como é de costume, o britânico passou a pressionar bastante o saque de Gasquet, que já não mostrava a mesma confiança de antes. Andy chegou a ter duplo break point em um game que durou mais de seis minutos, mas não conseguiu aproveitá-los.

Utilizando muito bem as deixadas e agredindo com ambos os golpes da linha de base, o francês evitou a reação do ex-líder do ranking em algumas oportunidades. Assim como na parcial anterior, o experiente tenista administrou a superioridade no marcador e, com um erro não forçado de Murray, decretou a vitória com um novo 6/4.

Na segunda rodada do Western & Southern Open, Gasquet vai encarar o austríaco #4 Dominic Thiem, que por ser um dos principais cabeças de chave do torneio largou de bye

VAVEL Logo