Osaka sente problema no joelho, se retira e Kenin vai às semis do WTA de Cincinnati
Foto: Divulgação / Western & Southern Open

Osaka sente problema no joelho, se retira e Kenin vai às semis do WTA de Cincinnati

Japonesa chegou a ser atendida pelo fisioterapeuta, mas acabou desistindo da partida quando perdia por 2/0 no terceiro set

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Principal favorita ao título do WTA Premier 5 de Cincinnati, a #1 Naomi Osaka deu adeus ao torneio de forma melancólica. Nesta sexta (16), a japonesa sentiu um problema no joelho, tentou continuar, mas acabou desistindo quando perdia para a norte-americana #22 Sofia Kenin por 6/4, 1/6 e 2/0. A partida teve 1h30 de duração.

No primeiro set, Osaka venceu 100% dos pontos com o 1° saque, mas não conseguiu manter o bom aproveitamento no segundo serviço e viu Kenin atacar nas devoluções e aproveitar a única chance de quebra que teve. Salvando três break points ao longo da parcial, a norte-americana manteve a consistência e fez valer a vantagem no placar para fechar em 6/4.

Precisando reagir no jogo, Osaka veio com tudo para o segundo set e atropelou. Firme do fundo de quadra e acuando a adversária na maioria dos games, a nipônica obteve duas quebras em sequência e, sem sustos, fechou em 6/1, deixando tudo igual no duelo.

Porém, o problema no joelho começou a atrapalhar a número um do mundo. Colocando a mão no local diversas vezes antes de sacar, Osaka pediu atendimento médico no meio do segundo game e teve uma bandagem colocada. A japonesa até voltou para o jogo, mas acabou sendo quebrada e preferiu desistir devido às dores. 

Classificada para a semifinal do Western & Southern Open, Kenin irá enfrentar a vencedora do duelo de norte-americanas entre a #18 Madison Keys e a #65 Venus Williams, que vem fazendo uma ótima campanha no torneio. 

Drama japonês

Agora, fica a expectativa para saber o quão grave é o incômodo sentido por Osaka no joelho. Campeã do US Open no ano passado, a tenista de 21 anos tem um pouco mais de uma semana para estar apta a defender o título em Nova Iorque. 

VAVEL Logo