Menezes desperdiça boa vantagem e cai para Nagal na última rodada do quali do US Open
Foto: Randy Walker/@TennisPublisher on Twitter

Menezes desperdiça boa vantagem e cai para Nagal na última rodada do quali do US Open

Brasileiro chegou a abrir 7/5 e 4/1, mas perdeu nove games consecutivos e acabou deixando escapar chance de classificação à chave principal de seu primeiro Slam na carreira

bruno-da-silva
Bruno da Silva

Embalado pela conquista do ouro nos Jogos Pan-Americanos, o brasileiro #210 João Menezes esteve perto de se classificar à chave principal do US Open, mas acabou tomando a virada e sendo eliminado pelo #190 Sumit Nagal na rodada decisiva do qualifying. O brasileiro, 22 anos, chegou a abrir 7/5 e 4/1, mas permitiu a reação do indiano, que chegou a vencer nove games seguidos, e fechou em 5/7, 6/4 e 6/3, em 2h28, nesta sexta-feira (23).

Em um primeiro set muito equilibrado, os tenistas confirmaram seu saque com relativa tranquilidade até o 11º game, quando Menezes cdeu 0-40 no seu serviço e teve que salvar quatro break points para fazer 6/5. Na sequência, Nagal mais uma vez teve uma boa vantagem, abrindo 40-15, mas acabou cedendo a quebra no seu único bp do jogo e vendo o brasileiro fazer 7/5, em 55 minutos.

O brasileiro, que havia vencido os dois confrontos anteriores contra Nagal, manteve a consistência do primeiro set e abriu 4/1 na segunda parcial, ficando a dois games de garantir vaga na chave principal em sua primeira disputa de Slam na carreira. A partir daí, porém, Menezes caiu o nível, viu sua porcentagem de primeiro serviço despencar - de 65% para 40% - e viu o indiano embalar cinco games seguidos para virar e fechar em 6/4, após 52 minutos.

Confiante e aproveitando a falta de respostas de Menezes para reagir, Nagal abriu 4/0 no terceiro set, fazendo nove games seguidos. O brasileiro conseguiu reagir e diminuiu a desvantagem para 4/3, mas, quando voltou para o saque em 3/5, foi inconsistente e acabou perdendo por 6/3, em 41 minutos.

Será a primeira participação do indiano de 22 anos na chave principal de um Major. Enquanto isso, Menezes fica à espera de uma improvável entrada como lucky loser, e o Brasil deve ter apenas um tenista jogando chave de simples em New York - o #100 Thiago Monteiro.

VAVEL Logo