Dimitrov surpreende e vira para cima de Federer nas oitavas do US Open
Foto: Divulgação/ATP

Dimitrov surpreende e vira para cima de Federer nas oitavas do US Open

Número três do mundo perde após mais de três horas sofrendo com inconsistências e físico no final

gustavo-cipriano
Gustavo Cipriano

O #3 Roger Federer está eliminado do US Open 2019. O suíço sofreu uma grande virada do #78 Grigor Dimitrov e caiu nas oitavas. Foram 3h10 de uma placar final de 3 sets a 2, com parciais de 6/3, 4/6, 6/3, 4/6 e 6/2, nesta terça-feira (3).

Os dois tenistas tem um jogo bem parecido e desde o início foram muito iguais, tanto para o bem quanto para o mal. A tática era ser agressivo e encurtar os pontos a todo custo. Muitos lances terminaram com uma passada após a subida do oponente na rede ou então com um belo winner de uma mão só, que os dois tem. Porém, na maior parte do tempo, essas arriscadas resultaram em erros.

Dimitrov e Federer estiveram em uma noite "8 ou 80". Tudo dependia de como estavam sentindo a bola naquele momento. Isso se refletiu no número de erros-não forçados, com incríveis 60 anotados pelo suíço e 40 registrados pelo búlgaro. O número 3 do mundo ainda conseguiu mais winners que o oponente, com 40 a 35, mas não foi o suficiente.

No primeiro set, o suíço quebrou o saque do adversário logo no início e caminhou tranquilo até fechar. No segundo, foi a vez de Dimitrov ter a vantagem, mas ele quase a desperdiçou. As duplas faltas apareceram e fizeram com que o búlgaro perdesse o serviço sacando para o set. Para a sua sorte, vieram mais erros do outro lado no game seguinte, resultando em mais uma quebra a seu favor e a vitória na parcial.

O empate permaneceria após cada um levar a melhor em mais um set, e a partida ser arrastada para a quinta e decisiva etapa. Já se passavam de 2h30 de duração de partida, e foi aí que Federer não aguentou. O suíço passou a sofrer com dores musculares e, mesmo com atendimento do fisioterapeuta, não conseguiu mais aguentar a intensidade do jogo. Dimitrov se aproveitou desse cenário e partiu para cima, finalizando o último set por 6/2 em menos de meia hora.

Assim, o ex-número três do mundo, que vinha de uma temporada muito complicada, garantiu a vitória por 3 sets a 2 sobre o suíço e avançou às quartas de final do US Open. Seu próximo adversário será o #5 Daniil Medvedev. O russo eliminou o #24 Stan Wawrinka, algoz de Djokovic, nas oitavas por 3 a 1.

VAVEL Logo