US Open: Berrettini vence batalha contra Monfils e atinge primeira semifinal de Slam da carreira
Foto: Divulgação / ATP

US Open: Berrettini vence batalha contra Monfils e atinge primeira semifinal de Slam da carreira

Em duelo de quase quatro horas, italiano demonstrou grande força mental e, em seu quinto match point, decretou a vitória sobre o experiente francês

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Nesta quarta-feira (4), o #25 Matteo Berrettini conquistou a vitória mais importante de sua carreira até aqui. Em duelo válido pelas quartas de final do US Open, o italiano bateu o francês #13 Gael Monfils por 3 sets a 2, parciais de 3/6, 6/3, 6/2, 3/6 e 7/6 (5), em uma batalha de 3h56 de duração. 

Com o resultado, Berrettini quebrou uma escrita que já durava 42 anos. O último italiano a atingir as semifinais do US Open havia sido Corrado Barazzutti, em 1977. Além disso, já garantiu uma escalada de 12 posições no mínimo. Na próxima atualização do ranking, ele aparecerá na 13ª posição, que pode melhorar ainda mais caso o tenista avance mais ainda na competição.

O jogo foi lá e cá a todo momento, com os dois oscilando e alternando momentos bons e ruins. No primeiro set, Monfils sacou com perfeição e não deu chances a Berrettini, que cometeu erros bobos e demorou a se encontrar na parcial. Aproveitando-se da única quebra obtida, o francês fechou em 6/3 e largou na frente.

No segundo set, o italiano acordou. Jogando de forma agressiva, pressionou o adversário com devoluções profundas e acelerando o forehand sempre que possível. Monfils, por sua vez, perdeu a consistência de antes, acabou sendo quebrado e viu Berrettini devolver o 6/3. 

A vitória parece ter enchido o italiano de confiança. Na terceira parcial, o cabeça de chave número 24 ganhou 100% dos pontos com o 1° serviço, aplicou 14 winners contra apenas quatro do francês, e atropelou sem dificuldades. Com dois breaks conquistados, fechou em 6/2 e virou a partida.

Embalado pela torcida norte-americana, Monfils recuperou o espírito lutador e reagiu. Com um desempenho impecável na defesa e no ataque, o francês voltou a controlar as trocas de bola e a forçar o italiano ao erro. Fazendo valer a única quebra de serviço, fechou novamente em 6/3 e levou o público ao delírio. 

O quinto e último set foi uma loucura. Berrettini abriu 2/0 rapidamente, mas viu Monfils reagir e empatar a parcial. Porém, o italiano voltou a dominar as ações, conquistou mais um break e chegou a liderar por 5/4, quando sacou para o jogo, teve match point, e viu o filme se repetir.

Sem se entregar como é de praxe, o francês buscou a desvantagem no placar, devolveu a quebra e novamente deixou tudo igual no confronto aproveitando-se de erros não forçados do adversário, que sentiu a pressão na hora H.

Após os tenistas confirmarem seus serviços em seguida - Monfils teve de salvar outros dois match points -, a decisão foi para o tie-break, onde Berrettini conquistou duas mini quebras contra apenas uma do francês, que até evitou pela quarta vez que o cabeça de chave número 24 fechasse o jogo, mas não conseguiu virar o game desempate. 

Com um ótimo primeiro saque, o italiano decretou a vitória sofrida por 7/6 (7-5) e carimbou a vaga para sua primeira semifinal de Grand Slam na jovem carreira. 

Agora, Berrettini espera na semi do Aberto dos Estados Unidos o ganhador do confronto entre o espanhol #2 Rafael Nadal, tricampeão do torneio, e o argentino #21 Diego Schwartzman, que se enfrentam ainda nesta quarta. 

VAVEL Logo