Em jogaço de cinco horas, Nadal vence Medvedev e é campeão
do US Open pela quarta vez
Foto: Divulgação/US Open

Em jogaço de cinco horas, Nadal vence Medvedev e é campeão do US Open pela quarta vez

Espanhol quase leva grande virada, mas sobrevive e garante 19 Grand Slams

gustavo-cipriano
Gustavo Cipriano

O #2 Rafael Nadal é quatro vezes campeão do US Open. O espanhol garantiu o quarto título após uma decisão épica em cinco sets contra o #5 Daniil Medvedev. Foram quase cinco horas de partida com um placar final de 3 sets a 2, com parciais de 7/5, 6/3, 5/7, 4/6 e 6/4, neste domingo (8).

Pegada! A final do último Grand Slam do ano foi tão intensa porque os jogadores pareciam um espelho do outro. Os dois jogaram da mesma maneira, desde o início, com muita movimentação e regularidade. Os golpes eram fortes e precisos, sem muitos riscos, e ficava difícil que uma decisão saísse logo. Ninguém tomava a iniciativa de partir para o winner.

Na maior parte das vezes, o número de troca de bolas passou de 20. Caso um ace não saísse, ninguém vencia rápido. Com esse cenário, a vitória nos pontos de revezava muito de lado. O equilíbrio se mostra inclusive na quantidade de pontos ganhos, com Nadal vencendo 52% e Medvedev, 48%.

O primeiro set foi um grande exemplo de tudo isso. O placar foi de 7/5, com duração de mais de uma hora e diversos break points em disputa. Os dois tenistas trocaram quebras no início e Nadal voltou a conseguir o feito justamente no último game, garantindo a vitória na parcial.

A segunda etapa foi a mais tranquila de todas e também foi a favor do espanhol. Ele garantiu uma quebra no meio do set e não teve problemas para seguir com a vantagem até o final. Nadal parecia caminhar para uma vitória em três sets, pois o início da terceira parcial também pendeu para o seu lado, mas o restante do jogo não foi nada parecido com o que ele pensava que aconteceria.

Assim, o número dois do mundo tinha 3/2 e saque a seu favor. Bastava confirmar mais três saques e o título já era seu naquele momento; não foi o que aconteceu. Medvedev deu o troco logo no game seguinte e também no final. Com uma quebra a mais, o terceiro set era dele.

Em seguida, o russo ganhou confiança e passou a ter uma firmeza impressionante. Mesmo com o espanhol pressionando, ele se manteve preciso e segurou o jogo até o final do quarto set novamente, conseguindo mais um break no último game. Com isso, a decisão foi para o quinto set.

Nadal pediu para ir ao banheiro e também atendimento do fisioterapeuta neste momento. Quando voltou, o número dois do mundo retomou a tática que deu certo em parte do primeiro set de variar o jogo e tirar o ritmo do adversário. Algumas bolas profundas e alguns dropshots apareceram, e o russo passou a errar um pouco mais.

Assim, o espanhol chegou a abrir 5/2 no set decisivo e sacou duas para o título. A primeira chance ele desperdiçou e quase que a segunda se vai também. Medvedev teve break point a favor no último game, mas Nadal se salvou com um belo saque. Enfim, o rei do saibro voltava a reinar na quadra dura, aonde desabou ao fim da partida por um misto de alegria e exaustão.

Com o triunfo, Rafael Nadal garante não só seu quarto título do US Open, mas também o 19º em Majors. Ele fica agora apenas a um troféu de Grand Slam de diferença para Roger Federer, que tem o recorde histórico de 20.

VAVEL Logo