Hibino vence final japonesa contra Doi e é campeã do WTA de Hiroshima
Foto: Divulgação/WTA

Hibino vence final japonesa contra Doi e é campeã do WTA de Hiroshima

Japonesa tem vitória tranquila contra compatriota e garante segundo título da carreira

gustavo-cipriano
Gustavo Cipriano

A #146 Nao Hibino é a mais nova campeã do WTA de Hiroshima. Em duelo de donas da casa, a japonesa passou por cima da compatriota #107 Misaki Doi. O placar foi de 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em apenas 1h09, neste domingo (15).

Hibino se apresentou muito bem na decisão com ótima precisão no seu serviço, na maior parte do tempo, e principalmente na devolução. A japonesa jogou com primeiro saque em 71% das vezes e ganhou 66% delas. Esta foi uma das principais vantagens da vencedora na partida sobre a adversária, que garantiu apenas 38% dos pontos nesse cenário; quase o mesmo aproveitamento que teve com o segundo saque (36%).

Já quando o assunto era devolver, a número 146 do mundo foi ainda mais dominante. Ela venceu 62% dos pontos iniciados pela adversária. Doi ainda conseguiu três quebras no duelo, aproveitando momentos de baixa no jogo da outra, mas sofreu quase em dobro, com sete a favor da oponente.

O primeiro set começou nervoso e resultou em quatro quebras nos cinco primeiros games, duas para cada lado. Hibino, porém, se firmou no saque depois e conseguiu confirmar. Enquanto isso, a adversária seguiu em dificuldades, cedendo mais dois breaks. Doi garantiu apenas um serviço em toda a parcial e se viu 1 a 0 atrás, após 35 minutos.

O roteiro foi quase o mesmo na segunda etapa. 34 minutos de duração em que a número 107 do ranking somente teve uma confirmação de saque. Confiante, a adversária foi ainda mais precisa e só foi quebrada uma vez. O confronto estava fechado após pouco mais de uma hora e Hibino levou o troféu para casa.

Doi e Hibino jogaram juntas a final de duplas e garantiram o título após vencerem Christina McHale e Valeria Savinykh de virada, parciais de 3/6, 6/4 e 10-4.

O título do Japan Women's Open foi o segundo em simples da carreira de Nao Hibino. O primeiro feito da japonesa foi em 2015, no WTA de Tashkent.

VAVEL Logo