Reeditando decisão do Australian Open, Osaka vence Kvitova em três sets na abertura do WTA Finals
Foto: Divulgação/WTA

O WTA Finals de Shenzhen começou na madrugada deste domingo (27) com a reedição da decisão do Australian Open desse ano, entre a japonesa #3 Naomi Osaka e a tcheca #6 Petra Kvitova. Assim como no primeiro Slam do ano, Osaka conquistou a vitória ao fazer 7/6(1), 4/6 e 6/4, em 2h40, em partida válida pelo Grupo Vermelho. 

Osaka e Kvitova se enfrentaram pela segunda vez na carreira - e na temporada - e a japonesa acabou levando a melhor novamente.

Kvitova começou a partida bem, conquistando quebra já no primeiro game, mas, como de costume, perdeu inúmeras outras oportunidades de abrir ainda mais o marcador (a tcheca perdeu cinco chances de quebra nos games três e nove), e sofreu a quebra que normalizou o placar no oitavo game. A parcial seguiu equilibrada até o tiebreak, onde a japonesa ligou o modo turbo. 

No game desempate, Osaka venceu os seis primeiros pontos, perdeu um set point, mas logo conquistou a parcial por 7/6(1) para sair na frente em sua partida contra a tenista mais velha do quadro. 

Na segunda parcial, a partida tomou um rumo mais dramático. Ao todo foram cinco quebras de serviço, três delas - as pares - beneficiando a tcheca. Os games de quebra foram: dois, três, cinco, seis e 10.

Com o marcador normalizado, as jogadoras derem início ao terceiro e último set, que ficou com Osaka depois de 47 minutos jogados. Kvitova sofreu quebra nos games três e sete e precisou salvar match point no oitavo game para se manter viva no jogo. Fez bem, mas no décimo game, a ex-número um do mundo voltou a servir para a partida e dessa vez consolidou a vitória. 

Estatisticamente, os número de Osaka refletem a superioridade na partida: 12 aces contra apenas duas dupla faltas; 30 winners contra 29 erros não-forçados. Kvitova fez boa atuação, mas não boa o bastante para conseguir a vitória: nove aces contra o mesmo número de dupla faltas; 40 winners contra o mesmo número de erros não-forçados. As jogadoras empataram na porcentagem de pontos ganhos: 50% cada. 

Osaka enfrentará a seguir a australiana #1 Ashleigh Barty, enquanto que Kvitova enfrentará a suíça #7 Belinda Bencic. Kvitova não vence qualquer partida no WTA Finals desde a temporada anterior, 2018, quando foi eliminada com três derrotas. 

VAVEL Logo