Djokovic encontra dificuldades, mas bate Moutet e estreia com vitória no Masters 1000 de Paris
Divulgação / ATP

Tetracampeão, o #1 Novak Djokovic teve uma estreia bem complicada no Masters 1000 de Paris. Enfrentando o lucky loser francês #97 Corentin Moutet, o sérvio se viu em apuros, mas suou a camisa e conseguiu reagir para vencer por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (2) e 6/4, em 1h46 de uma partida bem disputada. 

Errando mais que o normal no começo, Nole se deparou com um adversário jogando solto e entrando no embalo da torcida presente. Se sentindo a vontade dentro de quadra, Moutet aplicava ótimos golpes e encurralava o número um do mundo sempre que possível. E a tática deu certo. 

Com uma quebra de saque, o jovem francês chegou a abrir 5/3 e sacou para o set, mas sentiu a pressão e viu a vantagem ir embora. Djokovic enfim entrou no jogo e levou a decisão para o tie-break, onde sua experiência fez a diferença. Sem sustos, fechou a parcial em 7/6 (7-2).

No segundo set, Moutet não se deu por vencido e continuou atuando em um bom nível. O francês, inclusive, conseguiu um lob por debaixo das pernas do fundo da quadra, arrancando aplausos da torcida. Porém, não foi o bastante para superar Nole, que foi preciso e, com um belo winner, decretou a vitória por 6/4. 

Nas oitavas de final do Paris Rolex Masters, último da série no ano, Djokovic encara o britânico Kyle Edmund, que despachou o argentino Diego Schwartzman também em sets diretos, parciais de 7/5 e 6/3.

Vale lembrar que, mesmo que seja campeão pela quinta vez, o sérvio perderá o posto de número um para Rafael Nadal, tendo em vista que os pontos do vice-campeonato no ATP Finals no ano passado serão retirados antes mesmo do início do torneio. 

VAVEL Logo