Thiago Wild derrota Dellien em Guayaquil e vence primeiro Challenger da carreira
Foto: Divulgação/Challenger de Guayaquil

O #311 Thiago Seyboth Wild é o mais novo campeão do Challenger de Guayaquil, no Equador. O brasileiro de 19 anos garantiu o título após vencer o #76 Hugo Dellien, cabeça de chave número um, com direito a pneu. A vitória foi por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/0, em apenas 1h12, neste domingo (3).

Wild começou mal o jogo. O seu primeiro game de serviço não foi nada bem e ele viu o adversário abrir 3/0. A partir dali, porém, o brasileiro passou a dominar a partida. O paranaense conseguiu entender o ritmo do adversário e entrou em uma grande sequência. Depois disso, apenas um game perdido até o final.

O brasileiro virou o primeiro set, com duas quebras a seu favor, e fechou a parcial em 6/4. As devoluções no saque do oponente ficaram mais profundas e encurralaram o boliviano, que passou a tentar muitos dropshots, mas sem sucesso. O aproveitamento dele no segundo saque foi de 38% na etapa inicial.

A partida apenas melhorou para o paranaense na segunda parcial. Os pontos, em sua maioria, tiveram amplo domínio dele. Como resultado, o oponente não conseguiu fazer quase nada e perdeu todos os game do set. O pneu estava anotado e o triunfo do brasileiro garantido, não só na partida, mas também no torneio.

Esse é o primeiro título de Challenger da carreira do jovem de 19 anos, em sua primeira final. Seyboth Wild já tem três títulos de Future, entre cinco decisões disputadas. Wild agora sobe da 311ª para a 235ª colocação do ranking da ATP, terceiro melhor brasileiro ranqueado, apenas atrás do #88 Thiago Monteiro e do #191 João Menezes.

VAVEL Logo