Bautista-Agut vence Auger-Aliassime na primeira partida da decisão da Copa Davis
Foto: Divulgação/Davis Cup Finals

Confirmando favoritismo, o #9 Roberto Bautista-Agut venceu o #21 Félix Auger-Aliassime em sets diretos com parciais de 7/6(3) e 6/3, em 1h50, e garantiu a primeira vitória para Espanha na final da Copa Davis, neste domingo (24), em Madrid. Enquanto o Canadá faz final inédita no torneio, os donos da casa buscam vencer pela sexta vez – sendo que a última ocorreu em 2011.

Vale ressaltar que o tenista espanhol perdeu seu pai na quinta-feira (21) e neste sábado estava dando apoio a sua equipe. Bautista-Agut perdeu sua mãe no ano passado e uma semana depois já estava em quadra disputando torneios da ATP.

O primeiro set contou com equilíbrio entre os dois tenistas que contaram com percentual igual de pontos vencidos com o primeiro serviço – 91%. Decidido no tiebreak, Auger-Aliassime, que disputou o seu primeiro jogo na semana após se recuperar de lesão no tornozelo, estava mais agressivo na série e, consequentemente, mais errático.

O jovem canadense de 19 anos disparou 19 bolas vencedoras contra apenas três, mas, em compensação, cometeu mais do que o dobro de erros não forçados: 20, contra nove do espanhol. Com isso, o equilíbrio se manteve até o 3-3 do tiebreak, mas Aliassime perdeu seus dois pontos de serviço e Bautista-Agut se deparou com a primeira oportunidade de liquidar o set. Sem desperdiçar oportunidades, aproveitou a primeira chance e venceu por 7/6(3).

Mais experiente no circuito e contando com a torcida em peso a seu favor, Bautista-Agut quebrou o canadense logo no começo do segundo set e abriu 3/0. Sem conseguir manter a vantagem, Auger-Aliassime devolveu a quebra logo em seguida, mas novamente teve seu serviço quebrado. Apenas mantendo seu serviço, o tenista espanhol fechou a segunda parcial por 6/3 e venceu a partida, em 1h50.

Pela segunda partida da Espanha,o #1 Rafael Nadal enfrentará o #15 Denis Shapovalov. Para manter seu país vivo na disputa, o canadense precisa vencer o tenista hispânico e fazer com que a definição pelo título seja definida somente no confronto de duplas que, caso ocorra, será disputado entre Vasek Pospisil/Denis Shapovalov e Feliciano López/Marcel Granollers.

VAVEL Logo