Perto de se aposentar, Wozniacki se emociona após vice em Auckland: "É raro me divertir assim"
Foto: Divulgação/WTA

Em seu penúltimo torneio antes da aposentadoria, a ex-número um do mundo Caroline Wozniacki caiu nas semifinais do torneio de simples do WTA de Auckland e ficou com o vice em duplas, jogando pela primeira vez ao lado da amiga Serena Williams. Elas perderam a decisão para as estadunidenses Asia Muhammad e Taylor Townsend, com duplo 6/4, neste domingo (11).

Wozniacki jogou pela primeira vez o torneio de Auckland em 2005, aos 16 anos. Emocionada após a decisão, a dinamarquesa agora com 30 anos destacou  a parceira com Serena e disse se sentir muito bem em quadra depois de muito tempo.

"É raro eu me divertir assim em quadra. Serena, muito obrigado por jogar comigo. Foi muito divertido. Acho que meu único arrependimento no tênis é que não fizemos isso antes. Nos divertimos muito em quadra e fora também. Quero tomar um pouco do crédito por Serena ter vencido o título de simples, porque acho que jogar duplas a ajudou", brincou a dinamarquesa.

Serena bateu na decisão de simples a #82 Jessica Pegula. Wozniacki poderia ter sido a rival de Williams nesta final, mas acabou perdendo de virada para Pegula nas semifinais.

Desde o ano passado, foi divulgado que Wozniacki estava sofrendo de artrite reumatoide, o que acaba causando muitas dores após o esforço durante as partidas. Até por isso, a dinamarquesa, que era número um do mundo no início de 2019, resolveu se aposentar de forma precoce.

"É um jeito muito divertido de terminar minha história aqui em Auckland. Não poderia ter feito um script melhor. Obviamente eu queria ter vencido o título hoje, mas vocês jogaram muito bem (em direção às campeãs). Quero agradecer todos os fãs que vieram aqui todo ano para torcer e também os que vieram a primeira vez. Muito obrigado pelo suporte durante este torneio, vocês me fizeram sentir muito especial e é por isso que amo voltar aqui. A atmosfera é incrível", destacou.

A dinamarquesa agora segue para seu último torneio na carreira, o Australian Open, onde conquistou seu único Grand Slam dois anos atrás. Com a campanha em Auckland ela subiu para a 35ª colocação do ranking, o que provavelmente não vai assegurar à ela um lugar entre as 32 cabeças de chave. 

VAVEL Logo