Wozniacki perde batalha para Jabeur no Australian Open e encerra carreira profissional
O abraço. (Foto: Divulgação/Australian Open)

A Melbourne Arena, uma das quadras principais do Australian Open, vivenciou na madrugada desta sexta-feira (24) uma partida de terceira rodada que era mais especial que as outras. A dinamarquesa #36 Caroline Wozniacki, campeã de 2018, fez sua última partida da carreira contra a tunisiana #78 Ons Jabeur. Jabeur fez ótima partida para vencer a ex-número um do mundo por 7/5, 3/6 e 7/5, em 2h10 e por um ponto final em sua carreira.

O clima da partida não foi pesado, como talvez fosse imaginado. Pelo contrário, Wozniacki e Jabeur mostraram bom humor desde o momento da foto antes da partida até o handshake

Na primeira parcial, Wozniacki sofreu três quebras em seu serviço (nos games cinco, nove e 11), e quebrou a tunisiana duas vezes (games dois e dez). A dinamarquesa até perdeu a parcial, mas mostrou ótimo ritmo e fez excelentes pontos. 

Diferente da parcial de abertura, na segunda, Wozniacki foi capaz de ditar o ritmo. A dinamarquesa conquistou a única quebra de serviço no oitavo game e em 34 minutos fechou em 6/3, normalizando o placar e levando a partida para o set decisivo. 

Na terceira e última parcial, houveram três quebras de serviço. A primeira ocorreu no segundo game e beneficiou Jabeur, a segunda ocorreu no no quinto game e beneficiou Wozniacki, já a última aconteceu no último game, quando a dinamarquesa servia para tentar mandar a partida ao tiebreak. Ons converteu sua vitória no primeiro match point que teve e, ao avançar para a segunda semana do Slam australiano, pôs um fim na carreira da campeã de 2018.

Ao todo foram disparados sete aces na partida, seis deles saíram da raquete da tunisiana, que cometeu todas as cinco dupla faltas. No jogo corrido, a diferença de estilo das tenistas foi gritante: 43 winners de Jabeur, contra nove de Wozniacki. A tunisiana marcou 60 erros não-forçados, contra 21 da dinamarquesa. 

No fim da partida, as jogadoras se abraçaram e Jabeur parabenizou a dinamaquesa pela carreira brilhante. Apesar de sair derrotada, Wozniacki de uma entrevista pós jogo ainda em quadra e, chorando, fez o público rir falando: "Faz sentido que minha carreira termine com um erro não-forçado de direita"

A dinamarquesa, vencedora do torneio na edição de 2018, agora está aposentada. 

Enquanto isso, o tênis não para, e Jabeur já tem encontro marcado para a quarta rodada do Aberto da Austrália. Trata-se da #29 Qiang Wang que venceu ninguém menos que #9 Serena Williams pelas parciais de 6/4, 6/7(2) e 7/5.

VAVEL Logo