Djokovic encerra boa fase de Raonic e avança para enfrentar Federer em Melbourne
(Foto: Divulgação/ATP)

O maior vencedor do Aberto da Austrália segue forte na busca por mais um título. O #1 Novak Djokovic, desta vez, venceu o canadense #35 Milos Raonic, que fazia ótima campanha no torneio, mas foi derrotado por 3 sets a 0, em parciais de 6/4, 6/3 e 7/6 (1), em 2h49, nesta terça-feira (28).

Este foi o décimo encontro entre os dois, e a décima vitória de Djokovic.

Porém, o dia em Melbourne era de homenagens. Muitos fãs na arena com camisas e regatas em memória ao ex-jogador de basquete Kobe Bryant, que sofreu um trágico acidente de helicóptero no domingo e faleceu junto a uma de suas filhas.

No fim da partida, Djoko, com muitas lágrimas, disse: "Eu não sei o que poderia dizer. Fui pego de surpresa. Ele era um dos maiores atletas de todos os tempos, me inspirou e a outras pessoas ao redor do mundo. Tive a sorte de ter um bom relacionamento com ele ao longo dos últimos 10 anos e quando precisei de algum conselho e ajuda, ele estava lá. Foi meu mentor, meu amigo. É de cortar o coração o que aconteceu com ele e sua filha" - contou o sérvio.

Djoko ainda entrou em quadra com um casaco de sua patrocinadora, a Lacoste, com as iniciais "KB" e os números 8 e 24 usados por Kobe em toda a sua carreira na NBA.

Agora, nas semi-finais, Djokovic enfrentará ninguém menos que o #3 Roger Federer, que venceu jogo incrível contra o #100 Tennys Sandgren. Esse será o confronto de número 50 entre o sérvio e o suíço. No total, são 26 vitórias a favor de Djokovic e outras 23  de Federer.

VAVEL Logo